sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

2015–16 CONCACAF Champions League Análise/Previsão




A 2015–16 CONCACAF Champions League chegou a fase de quartas de final e como os times da Major League Soccer foram muito bem ( das cinco equipes da MLS que disputaram a competição somente o Vancouver Whitecaps não se classificou para fase de grupos ) resolvi fazer a minha Análise/Previsão  .

Nome : Real Salt Lake
Estádio : Rio Tinto Stadium ( Capacidade : 20,213 )
Fundado : 2004
Títulos na competição : Nenhum
Treinador : Jeff Cassar
Destaques : Yura Movsisyan, Javier Morales e Kyle Beckerman

Elenco : http://www.rsl.com/players

Adversário : 
Tigres UANL


O Real Salt Lake tem um adversário duro, o Tigres é uma equipe muito forte porém não tem tanta tradição no torneio, já o Real Salt Lake é o time americano que teve a melhor campanha na fase moderna da CONCACAF Champions League, um vice campeonato na edição 2010-11 . A equipe de Utah fez uma boa campanha na 2015–16 CONCACAF Champions League pelo Grupo G, eles ficaram invictos com três vitorias e um empate. O time marcou quatro gols e sofreu um, apesar disso eu vejo eles sendo eliminados pelo time mexicano .


Nome : D.C. United
Fundado : 1995
Estádio : RFK Stadium ( capacidade 45,596 ) 
Treinador : Ben Olsen
Títulos na competição : ( 1 )1998
Destaques : Bill Hamid, Fabián Espíndola e Chris Rolfe

Elenco : http://www.dcunited.com/players

Adversário : 
Querétaro

O D.C. United é uma das equipes americanas e da MLS com mais tradição no torneio, eles foram campeões em 1998 e semi-finalistas em 1997 ainda no formato antigo da CONCACAF Champions League . O D.C.  teve uma excelente campanha 2015–16 CONCACAF Champions League, com três vitorias e um empate com  nove gols marcados e seis sofridos . Querétaro dos times mais forte da competição e do México e por isso eu acredito que o D.C. United seja eliminado nas quartas de final .


Nome : Seattle Sounders FC
Estádio : ,CenturyLink Field ( Capacidade : 38,300 )
Fundado : 1974
Títulos na competição : Nenhum 
Treinador : Sigi Schmid
Destaques : Chad Marshall, Clint Dempsey e Jordan Morris

Elenco : http://www.soundersfc.com/players

Adversário :
Club América 

A melhor campanha do Sounders na competição foi na edição de 2012-2013 quando foram eliminados na semi final . Nesta edição a equipe teve uma boa campanha pelo Grupo F um dos mais fortes da competição, eles tiveram um recorde de duas vitorias, um empate e uma derrota. Marcaram seis gols e sofreram três . O Seattle Sounders é uma das equipes mais fortes da MLS e vão enfrentar uma das equipes mais tradicionais do México e da CONCACAF,,  a equipe mexicana tem seis títulos da CONCACAF, para mim esse jogo é uma final antecipada, para mim as duas equipes são as melhores do torneio e eu acredito que o Sounders possa surpreender e passar para próxima fase, na verdade eu aposto que o Seattle vá conquistar o título .

Nome : L.A. Galaxy 
Fundado : 1995
Estádio : StubHub Center ( capacidade 27.000 ) 
Treinador :  Bruce Arena
Títulos  na competição: ( 1 ) 2000
Destaques : Robbie Keane, Giovani dos Santos e Steven Gerrard

Elenco : http://www.lagalaxy.com/players
Adversário : Santos Laguna

O LA Galaxy é a equipe americana com mais tradição na CONCACAF Champions League, eles conquistaram um título em 2000, foram vice campeões em 1997 e semi finalistas na edição 2012-2013 . O Galaxy fez uma boa campanha no Grupo D com um recorde de duas vitorias e dois empates, eles marcaram doze gols ( o melhor da competição junto com Santos Laguna ) e sofreram três . O Galaxy tem um time forte assim como o Santos Laguna mais eu vejo  a equipe da Califórnia avançando para próxima fase .

QuarterfinalsSemifinalsFinals
6 Mexico UANL
3 United States Real Salt Lake
 UANL
 Querétaro
7 Mexico Querétaro
2 United States D.C. United
 Querétaro
 Seattle Sounders FCv
5 United States LA Galaxy
4 Mexico Santos Laguna
 LA Galaxy
 Seattle Sounders FC
8 United States Seattle Sounders FC

1 Mexico América


Curiosidade das Quartas de final : Todos os times mexicanos tem pelo menos um americano no elenco .


Um pouco mais sobre  CONCACAF Champions League


Ranque de títulos por país

1.
Mexico 31
2. Costa Rica 6
3. El Salvador 3
4. Suriname, Guatemala, Honduras, Trinidad and Tobago, Estados Unidos  2

Ranque de títulos por time
1. Cruz Azul e America 6
2. Pachuca 3
3. Monterrey, UNAM e Saprissa 2


sábado, 13 de fevereiro de 2016

Goleiros Artilheiros



Os Estados Unidos são conhecidos por ter boa escola de goleiros que geralmente é a posição mais ingrata do futebol. Goleiros, normalmente são lembrados por suas grandes defesas, recordes de jogos sem sofrer gols e etc, mas a exceções, também existem os goleiros artilheiros como Rogério Ceni, José Luis Chilavert, Dimitar Ivankov, René Higuita, Johnny Vegas Fernández e muitos outros. Hoje vamos conhecer os nove goleiros americanos que marcaram gols em suas carreiras.






1 - Tim Howard 


Um dos melhores goleiros americanos de todos os tempos deixou o dele pelo Everton contra o Bolton em janeiro de 2012 . Howard foi o segundo goleiro americano a marcar gol na Premier League, apenas outros três goleiros marcaram gol na liga.

https://www.youtube.com/watch?v=UPVZ5YAUry0





2. Brad Friedel 

Outro grande goleiro americano que também está na lista dos melhores de todos os tempos de seu país marcou o seu gol pelo Blackburn Rovers Football Club contra Charlton Athletic em fevereiro de 2004. Friedel é um dos quatro goleiros a marcar gol na Premier League (1992) .

https://www.youtube.com/watch?v=kGkxvL65Tt4





3. Adin Brown

O terceiro da lista é Adin Brown que no incio de sua carreira competia com Tim Howard na base da seleção, marcou o dele pelo Aalesund na liga norueguesa em julho de 2007, ele se aposentou prematuramente por causa de lesão .

https://www.youtube.com/watch?v=dvbg6Pq116s




4.Tally Hall


Tally Hall que passou grande parte de sua carreira no Houston Dynama fez um gol contra o  Isidro Metapán em outubro de 2009 pela 2009–10 CONCACAF Champions League. Hall foi o primeiro goleiro da Major League Soccer a marcar na competição continental.

https://www.youtube.com/watch?v=_KMuxv2zeqU





5.Danny Cepero

O quinto da lista é Danny Cepero, ele marcou pelo New York Red Bulls contra o Columbus Crew num jogo da Major League Soccer em 2008, ele foi o primeiro goleiro a marcar um gol na liga.

https://www.youtube.com/watch?v=4u0tNcq3SGY



6.William Hesmer

O sexto da lista é William Hesmer que disputou 130 jogos pelo Columbus Crew, ele marcou o seu gol em 2010 pelo time de Ohio contra o Toronto em outubro de 2010 e se tornou o segundo goleiro a marcar um gol na Major League Soccer.

https://www.youtube.com/watch?v=pP71O_gYErg






7.Clint Irwin


O sétimo da lista é um dos goleiros mais desvalorizados da Major League Soccer, Clint Irwin que para mim merecia estar na seleção na seleção yankee, ele deixou o dele jogando pelo Capital City contra o Windsor na Canadian Soccer League em 2011.

https://www.youtube.com/watch?v=j7ghIJ8nJqA






8.Sonny Dalesandro

Com mais gols na lista, um total de três o goleiro/atacante Sonny Dalesandro que teve passagens pelo indoor soccer marcou todos os seus gols pelo Tulsa Roughnecks na USISL em 1999.







9.David Bingham

O último da lista é David Bingham que marcou o seu gol pelo San Jose Earthquakes contra o West Bromwich Albion Football Club em partida amistosa em 2011. Eu sei que gols em partidas amistosas não contam em números oficiais mas ele merece estar na lista .

https://www.youtube.com/watch?v=05VhDBSQ8JQ

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Estados Unidos vs Canadá (Amistoso)




Neste sábado, dia de seis fevereiro o U.S. Team ira disputar o segundo amistoso do ano finalizando o treinamento de janeiro feito anualmente pela federação americana . O primeiro jogo foi contra a Islândia no dia 31 de janeiro, os americanos conseguiram uma boa vitoria por 3a2 . Estados Unidos e Canadá já se enfrentaram por 46 vezes (pode se dizer que foram 47 se contar com a partida não oficial realizada em 1885 da qual Canadá venceu por 1a0, foi a primeira partida feita fora da Europa entre dois países) . A seleção americana tem 21 vitorias, 15 derrotas e 10 empates e além da vantagem no numero de vitorias os americanos atualmente detém uma invencibilidade de 35 anos contra seus vizinhos do norte.

O adversário

Esse será o primeiro amistoso do ano da seleção  canadense, no ano passado a equipe teve um recorde de seis vitorias, seis empates e duas derrotas em 2015 e ficou na fase de grupos da CONCACAF Gold Cup outro retrospecto negativo para  aos  canadenses é que na eliminatórias da CONCACAF eles  não chegam ao hexagonal final desde de 1998

Convocação

GOALKEEPERS (3): David Bingham (San Jose Earthquakes), Sean Johnson (Chicago Fire), Luis Robles (New York Red Bulls)

DEFENDERS (9): Kellyn Acosta (FC Dallas), Matt Besler (Sporting Kansas City), Steve Birnbaum (D.C. United),  Eric Miller (Montreal Impact), Tim Parker (Vancouver Whitecaps FC), Matt Polster (Chicago Fire), Brandon Vincent (Chicago Fire)

MIDFIELDERS (8): Michael Bradley (Toronto FC), Mix Diskerud (New York City FC), Jermaine Jones (unattached), Perry Kitchen (unattached), Darlington Nagbe (Portland Timbers), Lee Nguyen (New England Revolution), Tony Tchani (Columbus Crew SC), Wil Trapp (Columbus Crew SC)


FORWARDS (6): Jozy Altidore (Toronto FC), Ethan Finlay (Columbus Crew SC), Jerome Kiesewetter (VfB Stuttgart), Jordan Morris (Seattle Sounders), Khiry Shelton (New York City FC), Gyasi Zardes (LA Galaxy)

Análise da Convocação

Ainda mantenho minha opinião sobre a convocação para esses dois amistosos ( veja no ultimo post ) porém Steve Birnbaum calou a minha boca e provou que tem qualidade suficiente para estar no time . Eu queria ver Zardes e Nagbe no XI inicial, os dois juntos jogando nas meias laterias iria dar muita velocidade ao time . Jogadores que mereciam estar January camp : Kljestan, Jack McInerney, Clint Irwin, Sebastian Lletget, Caleb Stanko e Matt Hedges .


Estados Unidos XI : Bingham, Birnbaum, J.Jones, Besler, Acosta, Zardes, Bradley, Diskerud, Nguyen, Morris, Altidore.

Canadá XI : Crepeau, De Jong, Lefrevre, Vitoria, Legderwood, Straith, Johnson, De Guzman, Akindele, Larin, Froese .





Com gol no final, Estados vencem Canadá por 1a0 : O jogo começou corrido com dois escanteios com menos de 1 minuto de jogo, aos 15 minutos veio a primeira chance de gol do jogo quando Altidore venceu a disputa com o zagueiro e chutou na trave . Aos 21 minutos Morris tem boa chance mas o goleiro canadense salvou . Aos 25 mais uma chance para o time americano que na boa cobrança de escanteio de Bradley para Jones obrigou Crepeau fazer boa defesa . Aos 29 Jones perdeu a bola e deu uma boa chance para equipe canadense que não conseguiu concretizar a jogada . Aos 36 minutos Morris quase marca, ele encobriu o goleiro a bola saiu rente a trava e por pouco Zardes no tocou nela . No segundo tempo os Estados Unidos chegaram bem  aos 54 minutos em jogada individual de Altidore . Aos 58 minutos Bradley quase marcou um gol olímpico . Aos 82 minutos do jogo Altidore quase marca de cobertura assustando a defesa canadense . No final do jogo aos 89 Finlay pela lateral cortou o defensor e cruzou para dentro da área para Altidore marcar o gol da vitoria americana .

Notas  :

Bingham (6,0) Praticamente não foi exigido .

Birnbaum (6,0) Esteve bem pela direita .

Jones (4,5) Perdido na defesa, cometeu erros na defesa .

Besler (5,0) Levou um cartão amarelo bobo, cometeu erros na defesa .

Acosta (6,0) Foi bem pela lateral .

Zardes (6,5) Fez uma boa combinação com Morris )

Diskerud (5,5) Criou muito pouco )

Bradley (6,5) Deu qualidade ao toque de bola pelo meio .

Nguyen (4,5) Se fez alguns dribles, errou passes e não criou jogadas .

Morris (6,0) Foi presente no ataque .

Altidore (7,5) Deu trabalho a defesa adversário e ainda marcou o gol da vitoria .

Vincent (6,5)Foi bem seguro no jogo .

Nagbe (5,5) Entrou no jogo no segundo tempo, não fez muito .

Kiesewetter (6,0) Entrou no segundo tempo, foi esforçado .

Trapp (6,5) Entrou bem, dando qualidade defensiva no meio campo .

Finlay (8,0) Sua entrada foi decisiva para vitoria .

 Kitchen (entrou no fim, sem nota)

Klinsmann (7,0)  Seu time jogou bem e mais uma vez as substituições no segundo tempo mudaram o rumo do jogo .

Canadá : Quando não tinha a bola mantinha quase todos os jogadores no campo de defesa e mesmo assim deixa espaços para o adversário . Larin e Crepeau foram os únicos destaques .

Arbitragem ; Foi bem .

Análise 

Os Estados Unidos fizeram um bom jogo, apesar do placar magro eles dominaram a partida inteira ( Canadá quando não estava com a bola ficava com quase todos os jogadores em seu campo ). O meio campo estava bem criando jogadas e errando poucos passes assim como o ataque que estava bastante presente. A defesa que desapontou um pouco, eles cometeram alguns erros de marcação e posicionamento . O time melhorou com  a saída de Nguyen, Diskerud desapontou mas os jogadores que entram no segundo tempo fizeram um bom trabalho principalmente Finlay que deu o passe do gol da vitoria .

http://matchcenter.mlssoccer.com/matchcenter/2016-02-05-us-mens-national-team-vs-canada-mens-national-team/recap