terça-feira, 19 de novembro de 2013

U.S. Soccer Centennial : Estados Unidos na Copa do Mundo de 1990 *2

Rumo a Copa do Mundo




No dia 4 de julho de 1988 os Estados Unidos foram presenteados com a notícia que sediariam a Copa do Mundo de 1994, desde de sua folclórica participação na Copa do Mundo de 1950 os Estados Unidos não participavam de um Mundial. Já classificados para Copa do Mundo seguinte (1994) os americanos tinham como missão ir para Copa do Mundo de 1990 na Itália, os Estados Unidos não teriam o México como adversários nas eliminatórias, os mexicanos foram punidos e impedidos de jogar em qualquer competição internacional por usarem jogadores com idade adulterada nas eliminatórias para Olimpíadas de 1988, não tendo os seus maiores rivais como obstáculo os Estados Unidos viram suas chances de ir para Copa do Mundo de 1990 crescerem significativamente.

Os Estados Unidos entram na segunda rodada das eliminatórias da CONCACAF e jogariam contra a Jamaica que havia passado por Porto Rico na primeira rodada, o primeiro jogo foi em Kingston, Jamaica no qual os americanos ficaram no 0a0 contra os anfitriões. No jogo de volta frente a 6 mil torcedores os americanos bateram os jamaicanos por 5a1 e avançaram para fase final das eliminatórias que também valia como torneio continental (CONCACAF Championship 1989 foi a décima e última edição do Campeonato CONCACAF realizada sob o formato de servir como qualificação para o Mundial de 1990 e não tendo nenhum país anfitrião para a rodada final).

Logo após a vitória contra Jamaica a federação americana anunciou que iria contratar jogadores como contratados próprios com objetivo de fazer que eles se comprometessem mais com a seleção, apesar que empréstimos para clubes eram permitidos, houve uma troca no comando também, Bob Gansler foi contratado como treinador substituindo Lothar Osiander (1986 a 1988 no comando do US Team).

Os americanos estavam na rodada final das eliminatórias da CONCACAF e teriam Costa Rica, Trinidad e Tobago, Guatemala e El Salvador como adversários. Em seu primeiro jogo a seleção americana jogou como visitante contra a Costa Rica e saíram derrotados por 1a0, no jogo de volta os Estados Unidos vingou-se do resultado e derrotou os costarriquenhos por 1a0, o goleiro David Vanole defendeu uma penalidade no final do jogo garantido a vitória para os Estados Unidos. No próximo jogo, os Estados Unidos receberam a seleção de Trinidad e Tobago, os visitantes empataram nos minutos finais e o jogo terminou 1a1.

No seu quarto jogo os Estados Unidos receberam a Guatemala, os americanos venceram por 2a1, com cinco pontos em quatro (na época, vitória valia dois pontos) dos quatro jogos restantes, três seriam fora de casa, o caminho para Copa do Mundo estava se tornando mais complicado para os americanos que no seu quinto jogo foi a Honduras (FIFA proibiu que o jogo fosse realizado em El Salvador pela violência dos torcedores no no Estadio Cuscatlán) e derrotou La Selecta (apelido da seleção salvadorenha) por 1a0 com gol de Hugo Perez.


Shot Heard Round the World

Apesar da boa vitória fora de casa contra El Salvador os Estados Unidos desapontaram e empataram com a Guatemala por 0a0 fora de casa e com El Salvador também por 0a0 em casa, as duas equipes já estavam sem possibilidade para ir para Copa do Mundo, com esses resultados os Estados Unidos teriam de vencer Trinidad e Tobago para conseguir se classificar para Copa do Mundo enquanto Trinidad e Tobago só precisava de um empate.



No dia 19 de Novembro de 1989, cerca de 35 mil torcedores estavam no estádio em Port-of-Spain para apoiar a seleção de Trinidade e Tobago, aos 31 minutos aconteceria um dos gols mais mitológicos da historia do futebol dos Estados Unidos quando Tab Ramos tocou para Paul Caligiuri que driblou o zagueiro e surpreendeu o goleiro de Trinidade e Tobago com um chute de 25 metros com o pé esquerdo, o gol ficou conhecido como ´´ Shot Heard Round the World ´´ e classificou os americanos para Copa do Mundo depois de uma espera de 40 anos.















De Volta ao Mundo

Depois de 40 anos desde de sua folclórica participação na Copa do Mundo de 1950 finalmente os Estados Unidos estavam de volta ao mundo, os americanos entraram para Copa do Mundo de 1990 na Itália com uma equipe jovem com média de idade de 23 anos, o time em sua maioria era formado por jogadores que atuavam em ligas nos Estados Unidos e ainda havia jogadores universitários, somente quatro jogadores da seleção yankee jogavam na Europa: Tab Ramos no Figueres da Espanha, Peter Vermes jogando no FC Volendam da Holanda, Christopher Sullivan no Győri ETO FC da Hungria e Paul Caligiuri no SV Meppen na Alemanha. Os americanos caíram no Grupo A que tinha Itália dona da casa e tri campeã mundial, Tchecoslováquia finalista por duas vezes em Copas do Mundo e Áustria semi-finalista por duas vezes em Copas do Mundo, além de ter que enfrentar gigantes do futebol os Estados Unidos sofreram o revés de perde dois de seus jogadores mais experientes por lesão : Hugo Perez (que jogaria na Copa de 94) e Rick Davis ex NY Cosmos que se aposentaria por lesão.



No primeiro jogo da Copa do Mundo de 1990 os americanos adotaram uma formação ofensiva
jogando num 3-4-3 para enfrentar a Tchecoslováquia  mas acabaram sofrendo uma  pesada derrota por 5a1. Os tchecoslovacos abriam o placar aos 25 minutos com Tomáš Skuhravý, ainda no primeiro tempo a Tchecoslováquia ampliou com Michal Bílek em cobrança de pênalti aos 39 minutos.

Os Estados Unidos começaram começaram o segundo tempo perdendo por 2a0 e as coisas começaram a piorar quando aos 52 minutos Ivan Hašek marcou o terceiro gol dos tchecoslovacos, dois minutos depois de levar o terceiro gol, Eric Wynalda foi expulso depois de dar um empurrão em Jozef Chovanec revidando faltas que ele tinha sofrido.

Aos 61 minutos  Paul Caligiuri pós os Estados Unidos de volta ao jogo reduzindo a vantagem dos tchecoslovacos para dois gols, aos 78 minutos a Tchecoslováquia acabariam com qualquer esperança dos americanos de reação na partida com o gol de Tomáš Skuhravý o segundo dele no jogo.




O segundo jogo dos americanos na Copa do Mundo de 1990 foi contra a tri campeã e anfitriã do torneio, a Itália. Após da derrota contra a Tchecoslováquia a moral dos americanos estava em baixa e seus adversários tinham perdido o respeito por eles. Contra a Itália os Estados Unidos escolheram uma formação mais defensiva, um 5-3-2, apesar disso aos 11 minutos Giuseppe Giannini fez o primeiro gol da partida para os italianos, parecia que os Estados Unidos iram ser goleados novamente mas os americanos puxaram os galões e mostraram que não era favas contadas e seguraram o time italiano. A melhor chance dos americanos veio numa cobrança de falta batida por Bruce Murray, Walter Zenga não conseguiu segurar dando o rebote para Peter Vermes que chutou sobre o gol. Depois do jogo Azeglio Vicini, declarou: "Os norte-americanos provaram que são uma equipe excelente, nada como a equipe que perdeu por 5-1." Bob Gansler disse, "esta é a equipe dos Estados Unidos que eu conheço."




A última partida para os americanos na Copa do Mundo foi contra a Áustria num jogo muito duro e com muitas faltas, os Estados Unidos ficaram com um homem mais quando Peter Artner foi expulso aos 34 minutos do primeiro tempo, apesar da vantagem foram os austríacos que abriram o placar com Andreas Ogris aos 52 minutos do segundo tempo. Aos 65 minutos Gerhard Rodax ampliaria para Áustria dando uma vantagem de dois gols para sua equipe, o gol americano saiu aos 85 minutos com Bruce Murray, o jogo acabou com a vitoria da Áustria por 2a1.

Estatísticas nas Eliminatórias  Copa do Mundo 

Classificação Final

PldWDLGFGAGDPts
 Costa Rica8512106+411
 United States843163+311
 Trinidad and Tobago833275+29
 Guatemala611447−33
 El Salvador602428−62

Jogos

1989 CONCACAF Championship qualification (CONCACAF Second Round)

Jamaica 0 x 0 Estados Unidos
Estados Unidos 5 x 1 Jamaica

1989 CONCACAF Championship

Costa Rica 1 x 0 Estados Unidos
Estados Unidos 1 x 0 Costa Rica
Estados Unidos 1 x 1 Trinidade e Tobago
Estados Unidos 2 x 1 Guatemala
El Salvador 0 x 1 Estados Unidos
Estados Unidos 0 x 0 Guatemala
Estados Unidos 0 x 0 El Salvador
Trinidade e Tobago 0 x 1 Estados Unidos

Artilheiros :

Frank Klopas : 2 gols
Hugo Perez : 2 gols
Brian Bliss, Paul Krumpe, Tab Ramos, Bruce Murray, Paul Caligiuri, Steve Trittschuh e Eric Eichmann : 1 gol




Estatísticas na Copa do Mundo 

Artilheiros :

Bruce Murray e Paul Caligiuri : 1 gol

Grupo A

TeamPldWDLGFGAGDPts
 Italy330040+46
 Czechoslovakia320163+34
 Austria310223−12
 United States300328−60

Posição Final : Vigésimo Terceiro.



Análise do time 

Particularmente gosto muito do time da Copa do Mundo de 1990, os americanos conseguiram uma classificação heroica para o mundial  e mesmo com as três derrotas os Estados Unidos deixaram  impressão muito boa na Copa do Mundo tanto que depois da Copa do Mundo de 1990 muitos dos jogadores da seleção americana se transferiram para Europa, eles foram os pioneiros na volta dos Estados Unidos ao futebol mundial. Os americanos que aturam na Copa de 1990 foram pioneiros no futebol em seu país, são responsáveis pelo retorno dos Estados Unidos em Copas do Mundo e contribuíram pelo crescimento no esporte nos Estados Unidos .




Seleção dos Estados Unidos na Copa do Mundo de 1990 .



Treinador : Bob Gansler

Goleiros :

1. Tony Meola 21 de fevereiro de 1969 (21 anos) United States U.S. Soccer Federation (EUA)
18. Kasey Keller 29 de agosto de 1969 (20 anos)  Portland Timbers (EUA)
22. David Vanole 06 de fevereiro de 1963 (27 anos) Los Angeles Heat (EUA)

Defesas :

2. Steve Trittschuh 24 Abril 1965 (25 anos) Tampa Bay Rowdies (EUA)
3.John Doyle 16 de março de 1966 (24 anos)  S.F. Bay Blackhawks  (EUA)
4. Jimmy Banks 02 de setembro de 1964 (25 anos)  Milwaukee Wave (EUA)
5. Mike Windischmann (C) 6 de dezembro, 1965 (24 anos) Albany Capitals (EUA)
15.Desmond Armstrong 02 de novembro de 1964 (25 anos) Baltimore Blast (EUA)
17.Marcelo Balboa 8 de agosto de 1967 (22 anos) San Diego Sockers (EUA)

Meio Campo :

6 .John Harkes 08 março de 1967 (23 anos) Albany Capitals (EUA)
7.Tab Ramos 21 de setembro de 1966 (23 anos) Figueres  (Espanha)
8.Brian Bliss 28 de setembro de 1965 (24 anos) Albany Capitals (EUA)
12.Paul Krumpe 4 de março de 1963 (27anos)  Real Santa Barbara (EUA)
13.Eric Eichmann 07 de maio de 1965 (25 anos) Fort Lauderdale Strikers (EUA)
14.John Stollmeyer 25 de outubro de 1962 (27 anos) Washington Stars (EUA)
19.Chris Henderson 11 dezembro 1970 (19anos)  UCLA Bruins (EUA)
20.Paul Caligiuri 9 março 1964 (26 anos) SV Meppen  (Alemanha)
21.Neil Covone 31 agosto 1969 (20 anos) Wake Forest Demon Deacons (EUA)


Atacantes :

9.Christopher Sullivan 18 abril 1965 (25 anos) Győri (Hungria)
10.Peter Vermes 21 Novembro 1966 (23 anos) Volendam (Holanda)
11.Eric Wynalda 9 Junho 1969 (20 anos)  S.F. Bay Blackhawks (EUA)

16.Bruce Murray 25 Janeiro  1966 (24 anos) Washington Stars (EUA)


Média de Idade : 23.5
Média de  Jogos : 24.6

Cortados

Goleiro 

Jeff Duback 5 janeiro de 1964 (25 anos) Boston Bolts (EUA)

Defesas 

Kevin Crow 17 de setembro de 1961 (28 anos) San Diego Sockers (EUA)

Meio Campistas 

Hernan 'Chico' Borja 24 de agosto de 1959 (30 anos) Wichita Wings (EUA)
Ted Eck 14 de julho de 1966  (23 anos)  Ottawa Intrepid (Canadá)

Atacantes 

Brent Goulet 19 junho de 1964 (25 anos) Bonner SC (Alemanha)
Jim Gabarra 22 setembro de 1959 (31 anos) San Diego Sockers (EUA)
George Pastor 23 novembro de 1963 (25 anos) Salt Lake Sting (EUA)
Philip Gyau  7 fevereiro de 1966 (24 anos) Maryland Bays (EUA)
Steve Snow 2 março de 1971 (19 anos) Standard Liège (Bélgica)
Frank Klopas 1 setembro de 1966 (23 anos) AEK Athens FC (Grécia)


Rank das Ligas 

1. APSL (15)
2. MISL (5)
3.NCAA (2)
4.Bundesliga 2, Major Arena Soccer League, U.S. Soccer Fereration, Eredivisie, Superleague Greece, Hungarian League, 2 Divisão Espanhola, Oberliga,1 Divisão Belga, Canada Soccer League um jogador cada.

Jogos dos Estados Unidos na Copa do Mundo 1990.

http://ussupersoccer.blogspot.com.br/2013/08/us-soccer-centennial-jogos-da-copa-do.html

Fontes :

http://www.phillysoccerpage.net/2010/05/06/the-us-and-the-1990-world-cup/

http://usasoccerarchive.wordpress.com/1990-world-cup/

http://en.wikipedia.org/wiki/1990_FIFA_World_Cup

http://en.wikipedia.org/wiki/1989_CONCACAF_Championship


http://www.11v11.com/teams/usa/tab/stats/option/appearances/comp/631

http://www.nytimes.com/1988/10/28/sports/soccer-14-players-sign-with-us-federation.html


Nota : Hoje dia 19 de novembro é o aniversário de 24 anos da heroica classificação americana para Copa do Mundo de 1990.

domingo, 17 de novembro de 2013

Estados Unidos vs Áustria dia 19 de Novembro (Amistoso)









Nesta terça-feria dia 19 de Novembro 2013 os Estados enfrentam a Áustria em Viena , uma cursoriedade desta data é que é o aniversario da heroica classificação americana para Copa do Mundo de 1990 que completa 23 anos neste anos . é o ultimo amistoso deste ano para equipe americana que deve ser a mesma da que jogou contra Escócia , jogo que terminou num empate de 0a0.

O ultimo encontro entre as duas equipes foi em 1998 , também num amistoso do qual os americanos venceram por 3a0  com gols de Frankie Hejduk, Brian McBride e Claudio Reyna.

Andreas Herzog que atualmente é trenador assistente do US Team jogou pela seleção austríaca de 1998 a 2003 e esteve presente na vitoria da Áustria sobre os Estados Unidos na Copa do Mundo de 1990.


Goalkeepers Bill Hamid (D.C. United/M.L.S.), Tim Howard (Everton/England), Sean Johnson (Chicago/M.L.S.).

Defenders DaMarcus Beasley (Puebla/Mexico), John Brooks (Hertha Berlin/Germany), Geoff Cameron (Stoke City/England), Brad Evans (Seattle/M.L.S.), Omar Gonzalez (Los Angeles/M.L.S.), Eric Lichaj (Nottingham Forest/England), Michael Orozco (Puebla/Mexico).

Midfielders Alejandro Bedoya (Nantes/France), Michael Bradley (Roma/Italy), Mix Diskerud (Rosenborg/Norway), Fabian Johnson (Hoffenheim/Germany), Jermaine Jones (Schalke/Germany), Sacha Kljestan (Anderlecht/Belgium), Brek Shea (Stoke City/England).

Forwards Jozy Altidore (Sunderland/England), Terrence Boyd (Rapid Vienna/Austria), Clint Dempsey (Seattle/M.L.S.), Aron Johannsson (AZ/the Netherlands), Eddie Johnson (Seattle/M.L.S.), Chris Wondolowski (San Jose/M.L.S.).


Parece o o treinador do US Team ainda esta procurando alguém para lateral direita .Espero que não seja Brad Evans que para mim seria a pior opção . Steve Cherundolo ainda seria a melhor opção mas ele vêem sofrendo lesões que impelido de ir para  Copa do Mundo  (talvez ele não seja mais um opção para o treinador do US Team)  Ainda acho que para esses amistosos  Jürgen Klinsmann deveria ter se arriscado mais chamando jogadores que não tiverem ou tiveram poucas chances na seleção dos Estados Unidos.



Áustria 1 x 0 Estados Unidos

Em seu ultimo amistoso do ano os Estados Unidos perderam para Áustria em Viena por 1a0 . Marc Janko foi o autor do gol austríaco aos 33 minutos do primeiro tempo .  Os donos da casa começaram dominando os 15 minutos incias da partida até que os americanos responderam com um chute de Aaron Johansson que obrigou o goleiro austríaco a fazer uma boa defesa sedeando escanteio paras equipe americana . Ainda no primeiro tempo os americanos tiveram uma chance com Jozy Altidore que chutou para fora depois de ter recebido cruzamento de Michael Bradley.

Os Estados Unidos começaram a segunda etapa atras do palcar e buscavam o gol de empate , aos 65 minutos Geoff Cameron disparou um chute mas o goleiro austríaco espalmou para longe. Os americanos ainda tiveram outra chance de gol com Terrence Boyd que chutou por cima do travessão.


http://www.ussoccer.com/news/mens-national-team/2013/11/131119-mnt-v-aut-match-report.aspx





segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Estados Unidos vs Escócia 15/11/2013






O treinador do US Team Jurgen Klinsmann definiu os 23 nomes para enfrentar a Escócia no 15 de Novembro e Áustria no dia 19 de Novembro nos últimos amistosos de 2013 em preparação para Copa do Mundo de 2014 no Brasil .

EUA vs Escócia

As duas equipes já se enfrentaram seis vezes , no ultimo confronto disputado em 26 de maio de 2012 os americanos golearam os escoceses por 5a1 . Outros confrontos entre as duas equipes foram : 6a0 Escócia em 1952, 1a0 Escócia em 1992 ,2a1 Estados Unidos em 1996 , em 1998 empate de 0a0 e em 2005 empate de 1a1.

GOALKEEPERS (3) : Bill Hamid (D.C. United), Tim Howard (Everton), Sean Johnson (Chicago Fire)

DEFENDERS (7) : DaMarcus Beasley (Puebla), John Brooks (Hertha Berlin), Geoff Cameron (Stoke City), Brad Evans (Seattle Sounders FC), Omar Gonzalez (LA Galaxy), Eric Lichaj (Nottingham Forest), Michael Orozco (Puebla)

MIDFIELDERS (7) : Alejandro Bedoya (Nantes), Michael Bradley (Roma), Mix Diskerud (Rosenborg), Fabian Johnson (Hoffenheim), Jermaine Jones (Schalke), Sacha Kljestan (Anderlecht), Brek Shea (Stoke City)

FORWARDS (6) : Jozy Altidore (Sunderland), Terrence Boyd (Rapid Vienna), Clint Dempsey (Seattle Sounders FC), Aron Johannsson (AZ Alkmaar), Eddie Johnson (Seattle Sounders FC), Chris Wondolowski (San Jose Earthquakes) -

Nenhuma novidade nos 23 nomes chamados por Jurgen Klinsmann ,acho até que nesses amistosos ele podia chamar jogadores que não tiveram ou tiveram pouca chances no US Team , jogadores como George John ( Zagueiro ) , Sam Cronin ( Meio Campo ), Michael Hoyos ( Meio Campo ) , Chris Pontius ( Atacante ) e Jack McInerney ( Atacante ) .

Outros nomes que eu acho que Klinsmann deveria chamar são Brad Guzan ( Goleiro ) que para mim merecia mais jogos e talvez alguns conhecidos do US Team que estão esquecidos .


Estados Unidos 0 x 0 Escócia


Estados Unidos viajaram para Escócia para disputar um amistoso visando a Copa do Mundo de 20,14 os escoceses não irão para Copa mas já estão se preparando para as eliminatórias para Euro de 2016 , as duas seleções entram em campo com jogadores que jogam em sues países e no exterior .

O jogo em si foi bem morno e acabou num empate de 0a0 , ouve poucas chances reais de perigo de gol para ambas as equipes  , Escócia jogou num 4-4-1 enquanto os Estados Unidos jogaram num 4-5-1 .

Parece que o treinador do US Team colocou Ed Johnson mas recuado , atuando pela esquerda o que não deu muito certo , aos 62 minutos Brek Shea entrou em seu lugar e deu mais movimentação para equipe o que geralmente acontece quando ele entra no jogo , me perguntou porque o treinador do US Team , Jurgen Klinsmann não escala ele para começar as partidas .

No outro lado para mim o que realmente eu não entendo porque os trenadores não costumam chamar Steven Naismith que esta com 27 anos e tem somente 27 jogos pela seleção , ele entrou  no final do jogo . Um jogador que era destaque do Rangers e que vêem atuando muito bom na Premier League merecia ser mais valorizado .

http://golazo.mlssoccer.com/matchcenter/2013-11-15-scotland-vs-usa/recap


quinta-feira, 7 de novembro de 2013

A Volta de um Gigante



A Volta do New York Cosmos

O time mais lendário da história do futebol esta de volta ! o New York Cosmos , a atual formação da equipe foi criada em agosto de 2010 mas foi em 2013 que o New York Cosmos disputou uma liga profissional a nova NASL ( 2009- atual ) . Depois do Fim do NY Cosmos 1985 os fans do soccer nos EUA sempre quiserem o seu retorno foi então com crescimento da MLS (1996 - Atual ) que várias entidades na área de New York City aproximaram Pinton sobre o uso do nome do NY Cosmos  numa franquia da MLS. A franquia existente em Nova York, era o MetroStars , que  fez perguntas pertinentes , tanto antes como depois de se tornar o New York Red Bulls , em 2006. Pinton estava relutante em deixar o nome ser usado por uma equipe da MLS , acreditando que a liga não estava disposta a respeitar a herança dos NY Cosmos , quando a MLS reintroduziu nomes antigos da NASL  como : San Jose Earthquakes ( o primeiro ,San Jose Clash 1996-99 e depois de 1999 - atual como Earthquakes , Seattle Sounders ( 2008 ), Portland Timbers e Vancouver Whitecaps ( 2011 ) Pinton mudou de ideia e vendeu  o nome e os direitos de imagem para Paul Kemsley , o ex- vice- presidente do Ido Tottenham Hotspur da Premier League , que liderou um grupo em estabelecer uma nova equipe na  MLS. Como presidente honorário do grupo, Pelé anunciou o retorno do clube em 1 º de agosto de 2010.

O grupo de Kemsley incluído o empresário Terry Byrne como vice- presidente ,  o chefe executivo do Rick Parry , o ex artilheiro do  Manchester United Eric Cantona  que foi adicionado como diretor de futebol em meados de janeiro de 2011, o ex internacional dos Estados Unidos Cobi Jones como diretor adjunto , o artilheiro do NY Cosmos , Giorgio Chinaglia ,que  também foi nomeado um embaixador internacional antes de sua morte em 2012 formavam a direção da equipe , porém em 2011 Kemsley e seu grupo assim como Byrne se afastaram do NY Cosmos com a declaração ´´ dizendo que ele queria  para perseguir outros interesses e compromissos ´´ .

A nova direção não foi imediatamente anunciada. , um outro comunicado à imprensa em 2 de novembro deu a notícia de uma aquisição de uma  empresa , a declaração também disse que o objetivo do clube permaneceu o mesmo com os seus novos proprietários , então não identificados - . " De forma inequívoca " para se tornar uma equipe MLS .
Os Cosmos anunciou em 12 de julho de 2012 que eles vão começar o jogo competitivo na North American Soccer League em 2013 , mas insistiu no mesmo comunicado de imprensa que o clube ainda estava determinado a entrar MLS.  Giovanni Savarese , que havia treinado em camadas jovens do clube, foi confirmado como o primeiro treinador da equipa em 19 de novembro do mesmo ano.  Cerca de um mês depois, em 11 de dezembro , o ex zagueiro do New York Red Bulls Carlos Mendes, um nativo de Long Island, se tornou o primeiro jogador do novo Cosmos ".

NY Cosmos na NASL 2013





O NY Cosmos estreou na NASL 2013   no que seria um ´´segundo turno da NASL ´´  a Fall Championship ou campenato de outono , o NY Cosmos foi campeão do Fall Championship com 9 vitorias , 4 empates e uma derrota , agora o NY Cosmos vai joga contra Atlanta Silverbacks no Soccer Bowl ( que seria a final da NASL, o campeão do primeiro turno contra o campeão do segundo turno ) , o Cosmos conquistou o Soccer Bowl derrotando o Atlanta Silverbacks por 1a0 .


http://en.wikipedia.org/wiki/2013_New_York_Cosmos_season

Estádio 

Atualmente o NY Cosmos joga James M. Shuart Stadium com capacidade 11,929 torcedores ,o NY Cosmos já jogou no James M. Shuart Stadium entre 1972 a 1973 .




Os Cosmos propuseram a construção de um novo estádio de 25.000 lugares em um estacionamento ao lado do Hipódromo Belmont Park, em Elmont, na fronteira entre o Queens e Nassau County. Com um projeto de 400 milhões dólares foram submetidos ao Empire State Development Corporation como uma resposta a um pedido de proposta. A decisão será tomada sobre a proposta em algum momento de 2013.



A Tradição em Amistosos Internacionais também está de Volta


2011

Manchester United 6 x 0 New York Cosmos

Em 2011 o NY Cosmos fez o seu primeiro amistoso desde o seu fim 1985 de contra o Manchester United , o time do NY Cosmos foi comodado por Éric Cantona com uma mistura do Cosmos sub -23 e algumas estrelas do futebol mundial .

2013 


Old Carthusians F.C. 1 x 4 New York Cosmos

Em 18 de julho o NY Cosmos jogou contra Old Carthusians F.C. num amistoso em Londres e derrotou os donos anfitriões por 4a1

Leyton Orient 2 x 1 New York Cosmos

Em 21 de julho o NY Cosmos foi derrotado por 2a1 pelo Leyton Orient , amistoso disputado em Londres .

Gillingham  FC 1 x New York Cosmos

No dia 26 de julho o NY Cosmos empatou com Gillingham FC em Gillingham Inglaterra .

Villarreal CF 3 x 0 New York Cosmos

Em 13 de Novembro o NY Cosmos jogou contra o Villarreal CF no El Madrigal Stadium num jogo em homenagem ao Marcos Senna . O Cosmos perdeu por 3a0 , Marcos Senna jogou o primeira tempo no time espanhol e no segundo jogou pelo NY Cosmos.


http://en.wikipedia.org/wiki/2013_New_York_Cosmos_season


sábado, 2 de novembro de 2013

Um Derby Americano





Portland Timbers vs Seattle Sounders um Derby Americano


A rivalidade no futebol nasceu em 1975 na North American Soccer League (1968-1984) e se estendeu por diferentes ligas como : North American Soccer League, Western Soccer Alliance (WSL/WSA), United Soccer Leagues e Major League Soccer se tornando uma das mais antigas dos Estados Unidos.


North American Soccer League (1968-1984)

O primeiro jogo entre as duas equipes aconteceu no dia 2 de maio de 1975 em Portland com um público de 8131 torcedores, o Sounders saiu vitorioso pelo placar de 1a0. Em 1979 o Seattle Sounders derrotou o Portland Timbers por 5a1 com um público de 34012 torcedores, foi a maior goleada no confronto até hoje. O último jogo entre as duas equipes na North American Soccer League foi em 1982 com vitórias do Seattle Sounders por 1a0.

Seattle Sounders : 13 vitórias.
Portland Timbers : 8 vitórias.

Western Soccer Alliance (1985-1989) American Profissional Soccer League (1990-1996)

Com o fim da North American Soccer League ambas as equipes foram obrigadas a migrar para Western Soccer Alliance em 1985. Seattle Sounders passou a se chamar Seattle Storm e Portland Timbers de F.C. Portland. A rivalidade entre as duas equipes se arrastou dos anos 80 ate ao inicio dos anos 90 quando a liga se uniu com American Soccer league e passou a se chamar American Professional Soccer League.

Portland Timbers / FC Portland : 6 vitórias e 2 empates.
Seattle Sounders/F.C. Seattle Storm : 5 vitórias e 2 empates.


A-League (1996-2004) e USL First Division (2005-2010)

Após onze anos de hiato, Portland Timbers e Seattle Sounders voltaram ao futebol profissional dos Estados Unidos na A-League de 2001-2004 e na USL First Division (2005-2008). Nessas liga aconteceram jogos notáveis como o reencontro após o hiato no dia 21 de maio de 2001, jogo do qual o Timbers derrotou o Seattle por 2a0. Outro jogo, foi no dia sete de agosto de 2008 quando o Seattle Sounders derrotou o Portland Timbers por 1a0, partida que ficou marcada pelo alto numero de cartões.

Portland Timbers : 12 vitórias e 9 empates.
Seattle Sounders : 27 vitórias e 9 empates.


Major Soccer League (1996-presente)

Em 2011 após 30 anos, Seattle Sounders e Portland Timbers estavam disputando na principal divisão do soccer dos Estados Unidos. O primeiro jogo entre as duas equipes na MSL terminou num empate de 1a1 num público de 36.593 torcedores em Seattle , um ano depois no dia 7 de outubro em Seattle o Sounders derrotou o Portland por 3a0 diante de um público de 66.452  torcedores, um dos maiores públicos de toda história do país.


Cascadia Cup

Cascadia Cup é um troféu que é disputado desde 2004 por Portland Timbers, Seattle Sounders, e Vancouver Whitecaps para determinar o melhor time do Noroeste do Pacífico.

Lamar Hunt U.S. Open Cup

Lamar Hunt U.S. Open Cup é o torneio mais antigo e mais tradicional dos Estados Unidos, Seattle Sounders e Portland Timbers se enfrentaram por seis vezes com quatro vitórias do Sounders e duas do Timbers. Seattle Sounders é um dos time mais bem sucedidos com quatro títulos :2009, 2010, 2011, 2014.