terça-feira, 19 de novembro de 2013

U.S. Soccer Centennial : Estados Unidos na Copa do Mundo de 1990 *2

Rumo a Copa do Mundo




No dia 4 de julho de 1988 os Estados Unidos foram presenteados com a notícia que sediariam a Copa do Mundo de 1994, desde de sua folclórica participação na Copa do Mundo de 1950 os Estados Unidos não participavam de um Mundial. Já classificados para Copa do Mundo seguinte (1994) os americanos tinham como missão ir para Copa do Mundo de 1990 na Itália, os Estados Unidos não teriam o México como adversários nas eliminatórias, os mexicanos foram punidos e impedidos de jogar em qualquer competição internacional por usarem jogadores com idade adulterada nas eliminatórias para Olimpíadas de 1988, não tendo os seus maiores rivais como obstáculo os Estados Unidos viram suas chances de ir para Copa do Mundo de 1990 crescerem significativamente.

Os Estados Unidos entram na segunda rodada das eliminatórias da CONCACAF e jogariam contra a Jamaica que havia passado por Porto Rico na primeira rodada, o primeiro jogo foi em Kingston, Jamaica no qual os americanos ficaram no 0a0 contra os anfitriões. No jogo de volta frente a 6 mil torcedores os americanos bateram os jamaicanos por 5a1 e avançaram para fase final das eliminatórias que também valia como torneio continental (CONCACAF Championship 1989 foi a décima e última edição do Campeonato CONCACAF realizada sob o formato de servir como qualificação para o Mundial de 1990 e não tendo nenhum país anfitrião para a rodada final).

Logo após a vitória contra Jamaica a federação americana anunciou que iria contratar jogadores como contratados próprios com objetivo de fazer que eles se comprometessem mais com a seleção, apesar que empréstimos para clubes eram permitidos, houve uma troca no comando também, Bob Gansler foi contratado como treinador substituindo Lothar Osiander (1986 a 1988 no comando do US Team).

Os americanos estavam na rodada final das eliminatórias da CONCACAF e teriam Costa Rica, Trinidad e Tobago, Guatemala e El Salvador como adversários. Em seu primeiro jogo a seleção americana jogou como visitante contra a Costa Rica e saíram derrotados por 1a0, no jogo de volta os Estados Unidos vingou-se do resultado e derrotou os costarriquenhos por 1a0, o goleiro David Vanole defendeu uma penalidade no final do jogo garantido a vitória para os Estados Unidos. No próximo jogo, os Estados Unidos receberam a seleção de Trinidad e Tobago, os visitantes empataram nos minutos finais e o jogo terminou 1a1.

No seu quarto jogo os Estados Unidos receberam a Guatemala, os americanos venceram por 2a1, com cinco pontos em quatro (na época, vitória valia dois pontos) dos quatro jogos restantes, três seriam fora de casa, o caminho para Copa do Mundo estava se tornando mais complicado para os americanos que no seu quinto jogo foi a El Salvador e venceu os donos da casa por 1a0, com gol de Hugo Perez.


Shot Heard Round the World

Apesar da boa vitória fora de casa contra El Salvador os Estados Unidos desapontaram e empataram com a Guatemala por 0a0 fora de casa e com El Salvador também por 0a0 em casa, as duas equipes já estavam sem possibilidade para ir para Copa do Mundo, com esses resultados os Estados Unidos teriam de vencer Trinidad e Tobago para conseguir se classificar para Copa do Mundo enquanto Trinidad e Tobago só precisava de um empate.



No dia 19 de Novembro de 1989, cerca de 35 mil torcedores estavam no estádio em Port-of-Spain para apoiar a seleção de Trinidade e Tobago, aos 31 minutos aconteceria um dos gols mais mitológicos da historia do futebol dos Estados Unidos quando Tab Ramos tocou para Paul Caligiuri que driblou o zagueiro e surpreendeu o goleiro de Trinidade e Tobago com um chute de 25 metros com o pé esquerdo, o gol ficou conhecido como ´´ Shot Heard Round the World ´´ e classificou os americanos para Copa do Mundo depois de uma espera de 40 anos.















De Volta ao Mundo

Depois de 40 anos desde de sua folclórica participação na Copa do Mundo de 1950 finalmente os Estados Unidos estavam de volta ao mundo, os americanos entraram para Copa do Mundo de 1990 na Itália com uma equipe jovem com média de idade de 23 anos, o time em sua maioria era formado por jogadores que atuavam em ligas nos Estados Unidos e ainda havia jogadores universitários, somente quatro jogadores da seleção yankee jogavam na Europa: Tab Ramos no Figueres da Espanha, Peter Vermes jogando no FC Volendam da Holanda, Christopher Sullivan no Győri ETO FC da Hungria e Paul Caligiuri no SV Meppen na Alemanha. Os americanos caíram no Grupo A que tinha Itália dona da casa e tri campeã mundial, Tchecoslováquia finalista por duas vezes em Copas do Mundo e Áustria semi-finalista por duas vezes em Copas do Mundo, além de ter que enfrentar gigantes do futebol os Estados Unidos sofreram o revés de perde dois de seus jogadores mais experientes por lesão : Hugo Perez (que jogaria na Copa de 94) e Rick Davis ex NY Cosmos que se aposentaria por lesão.



No primeiro jogo da Copa do Mundo de 1990 os americanos adotaram uma formação ofensiva
jogando num 3-4-3 para enfrentar a Tchecoslováquia  mas acabaram sofrendo uma  pesada derrota por 5a1. Os tchecoslovacos abriam o placar aos 25 minutos com Tomáš Skuhravý, ainda no primeiro tempo a Tchecoslováquia ampliou com Michal Bílek em cobrança de pênalti aos 39 minutos.

Os Estados Unidos começaram começaram o segundo tempo perdendo por 2a0 e as coisas começaram a piorar quando aos 52 minutos Ivan Hašek marcou o terceiro gol dos tchecoslovacos, dois minutos depois de levar o terceiro gol, Eric Wynalda foi expulso depois de dar um empurrão em Jozef Chovanec revidando faltas que ele tinha sofrido.

Aos 61 minutos  Paul Caligiuri pós os Estados Unidos de volta ao jogo reduzindo a vantagem dos tchecoslovacos para dois gols, aos 78 minutos a Tchecoslováquia acabariam com qualquer esperança dos americanos de reação na partida com o gol de Tomáš Skuhravý o segundo dele no jogo.




O segundo jogo dos americanos na Copa do Mundo de 1990 foi contra a tri campeã e anfitriã do torneio, a Itália. Após da derrota contra a Tchecoslováquia a moral dos americanos estava em baixa e seus adversários tinham perdido o respeito por eles. Contra a Itália os Estados Unidos escolheram uma formação mais defensiva, um 5-3-2, apesar disso aos 11 minutos Giuseppe Giannini fez o primeiro gol da partida para os italianos, parecia que os Estados Unidos iram ser goleados novamente mas os americanos puxaram os galões e mostraram que não era favas contadas e seguraram o time italiano. A melhor chance dos americanos veio numa cobrança de falta batida por Bruce Murray, Walter Zenga não conseguiu segurar dando o rebote para Peter Vermes que chutou sobre o gol. Depois do jogo Azeglio Vicini, declarou: "Os norte-americanos provaram que são uma equipe excelente, nada como a equipe que perdeu por 5-1." Bob Gansler disse, "esta é a equipe dos Estados Unidos que eu conheço."




A última partida para os americanos na Copa do Mundo foi contra a Áustria num jogo muito duro e com muitas faltas, os Estados Unidos ficaram com um homem mais quando Peter Artner foi expulso aos 34 minutos do primeiro tempo, apesar da vantagem foram os austríacos que abriram o placar com Andreas Ogris aos 52 minutos do segundo tempo. Aos 65 minutos Gerhard Rodax ampliaria para Áustria dando uma vantagem de dois gols para sua equipe, o gol americano saiu aos 85 minutos com Bruce Murray, o jogo acabou com a vitoria da Áustria por 2a1.

Estatísticas nas Eliminatórias  Copa do Mundo 

Classificação Final

PldWDLGFGAGDPts
 Costa Rica8512106+411
 United States843163+311
 Trinidad and Tobago833275+29
 Guatemala611447−33
 El Salvador602428−62

Jogos

1989 CONCACAF Championship qualification (CONCACAF Second Round)

Jamaica 0 x 0 Estados Unidos
Estados Unidos 5 x 1 Jamaica

1989 CONCACAF Championship

Costa Rica 1 x 0 Estados Unidos
Estados Unidos 1 x 0 Costa Rica
Estados Unidos 1 x 1 Trinidade e Tobago
Estados Unidos 2 x 1 Guatemala
El Salvador 0 x 1 Estados Unidos
Estados Unidos 0 x 0 Guatemala
Estados Unidos 0 x 0 El Salvador
Trinidade e Tobago 0 x 1 Estados Unidos

Artilheiros :

Frank Klopas : 2 gols
Hugo Perez : 2 gols
Brian Bliss, Paul Krumpe, Tab Ramos, Bruce Murray, Paul Caligiuri, Steve Trittschuh e Eric Eichmann : 1 gol




Estatísticas na Copa do Mundo 

Artilheiros :

Bruce Murray e Paul Caligiuri : 1 gol

Grupo A

TeamPldWDLGFGAGDPts
 Italy330040+46
 Czechoslovakia320163+34
 Austria310223−12
 United States300328−60

Posição Final : Vigésimo Terceiro.



Análise do time 

Particularmente gosto muito do time da Copa do Mundo de 1990, os americanos conseguiram uma classificação heroica para o mundial  e mesmo com as três derrotas os Estados Unidos deixaram  impressão muito boa na Copa do Mundo tanto que depois da Copa do Mundo de 1990 muitos dos jogadores da seleção americana se transferiram para Europa, eles foram os pioneiros na volta dos Estados Unidos ao futebol mundial. Os americanos que aturam na Copa de 1990 foram pioneiros no futebol em seu país, são responsáveis pelo retorno dos Estados Unidos em Copas do Mundo e contribuíram pelo crescimento no esporte nos Estados Unidos .




Seleção dos Estados Unidos na Copa do Mundo de 1990 .



Treinador : Bob Gansler

Goleiros :

1. Tony Meola 21 de fevereiro de 1969 (21 anos) United States U.S. Soccer Federation (EUA)
18. Kasey Keller 29 de agosto de 1969 (20 anos)  Portland Timbers (EUA)
22. David Vanole 06 de fevereiro de 1963 (27 anos) Los Angeles Heat (EUA)

Defesas :

2. Steve Trittschuh 24 Abril 1965 (25 anos) Tampa Bay Rowdies (EUA)
3.John Doyle 16 de março de 1966 (24 anos)  S.F. Bay Blackhawks  (EUA)
4. Jimmy Banks 02 de setembro de 1964 (25 anos)  Milwaukee Wave (EUA)
5. Mike Windischmann (C) 6 de dezembro, 1965 (24 anos) Albany Capitals (EUA)
15.Desmond Armstrong 02 de novembro de 1964 (25 anos) Baltimore Blast (EUA)
17.Marcelo Balboa 8 de agosto de 1967 (22 anos) San Diego Sockers (EUA)

Meio Campo :

6 .John Harkes 08 março de 1967 (23 anos) Albany Capitals (EUA)
7.Tab Ramos 21 de setembro de 1966 (23 anos) Figueres  (Espanha)
8.Brian Bliss 28 de setembro de 1965 (24 anos) Albany Capitals (EUA)
12.Paul Krumpe 4 de março de 1963 (27anos)  Real Santa Barbara (EUA)
13.Eric Eichmann 07 de maio de 1965 (25 anos) Fort Lauderdale Strikers (EUA)
14.John Stollmeyer 25 de outubro de 1962 (27 anos) Washington Stars (EUA)
19.Chris Henderson 11 dezembro 1970 (19anos)  UCLA Bruins (EUA)
20.Paul Caligiuri 9 março 1964 (26 anos) SV Meppen  (Alemanha)
21.Neil Covone 31 agosto 1969 (20 anos) Wake Forest Demon Deacons (EUA)


Atacantes :

9.Christopher Sullivan 18 abril 1965 (25 anos) Győri (Hungria)
10.Peter Vermes 21 Novembro 1966 (23 anos) Volendam (Holanda)
11.Eric Wynalda 9 Junho 1969 (20 anos)  S.F. Bay Blackhawks (EUA)

16.Bruce Murray 25 Janeiro  1966 (24 anos) Washington Stars (EUA)


Média de Idade : 23.5
Média de  Jogos : 24.6

Cortados

Goleiro 

Jeff Duback 5 janeiro de 1964 (25 anos) Boston Bolts (EUA)

Defesas 

Kevin Crow 17 de setembro de 1961 (28 anos) San Diego Sockers (EUA)

Meio Campistas 

Hernan 'Chico' Borja 24 de agosto de 1959 (30 anos) Wichita Wings (EUA)
Ted Eck 14 de julho de 1966  (23 anos)  Ottawa Intrepid (Canadá)

Atacantes 

Brent Goulet 19 junho de 1964 (25 anos) Bonner SC (Alemanha)
Jim Gabarra 22 setembro de 1959 (31 anos) San Diego Sockers (EUA)
George Pastor 23 novembro de 1963 (25 anos) Salt Lake Sting (EUA)
Philip Gyau  7 fevereiro de 1966 (24 anos) Maryland Bays (EUA)
Steve Snow 2 março de 1971 (19 anos) Standard Liège (Bélgica)
Frank Klopas 1 setembro de 1966 (23 anos) AEK Athens FC (Grécia)


Rank das Ligas 

1. APSL (15)
2. MISL (5)
3.NCAA (2)
4.Bundesliga 2, Major Arena Soccer League, U.S. Soccer Fereration, Eredivisie, Superleague Greece, Hungarian League, 2 Divisão Espanhola, Oberliga,1 Divisão Belga, Canada Soccer League um jogador cada.

Jogos dos Estados Unidos na Copa do Mundo 1990.

http://ussupersoccer.blogspot.com.br/2013/08/us-soccer-centennial-jogos-da-copa-do.html

Fontes :

http://www.phillysoccerpage.net/2010/05/06/the-us-and-the-1990-world-cup/

http://usasoccerarchive.wordpress.com/1990-world-cup/

http://en.wikipedia.org/wiki/1990_FIFA_World_Cup

http://en.wikipedia.org/wiki/1989_CONCACAF_Championship


http://www.11v11.com/teams/usa/tab/stats/option/appearances/comp/631

http://www.nytimes.com/1988/10/28/sports/soccer-14-players-sign-with-us-federation.html


Nota : Hoje dia 19 de novembro é o aniversário de 24 anos da heroica classificação americana para Copa do Mundo de 1990.

domingo, 17 de novembro de 2013

Estados Unidos vs Áustria dia 19 de Novembro ( Amistoso )









Nesta terça-feria dia 19 de Novembro 2013 os Estados enfrentam a Áustria em Viena , uma cursoriedade desta data é que é o aniversario da heroica classificação americana para Copa do Mundo de 1990 que completa 23 anos neste anos . é o ultimo amistoso deste ano para equipe americana que deve ser a mesma da que jogou contra Escócia , jogo que terminou num empate de 0a0 .

O ultimo encontro entre as duas equipes foi em 1998 , também num amistoso do qual os americanos venceram por 3a0  com gols de Frankie Hejduk, Brian McBride e Claudio Reyna .

Andreas Herzog que atualmente é trenador assistente do US Team jogou pela seleção austríaca de 1998 a 2003 e esteve presente na vitoria da Áustria sobre os Estados Unidos na Copa do Mundo de 1990 .


Goalkeepers Bill Hamid (D.C. United/M.L.S.), Tim Howard (Everton/England), Sean Johnson (Chicago/M.L.S.).

Defenders DaMarcus Beasley (Puebla/Mexico), John Brooks (Hertha Berlin/Germany), Geoff Cameron (Stoke City/England), Brad Evans (Seattle/M.L.S.), Omar Gonzalez (Los Angeles/M.L.S.), Eric Lichaj (Nottingham Forest/England), Michael Orozco (Puebla/Mexico).

Midfielders Alejandro Bedoya (Nantes/France), Michael Bradley (Roma/Italy), Mix Diskerud (Rosenborg/Norway), Fabian Johnson (Hoffenheim/Germany), Jermaine Jones (Schalke/Germany), Sacha Kljestan (Anderlecht/Belgium), Brek Shea (Stoke City/England).

Forwards Jozy Altidore (Sunderland/England), Terrence Boyd (Rapid Vienna/Austria), Clint Dempsey (Seattle/M.L.S.), Aron Johannsson (AZ/the Netherlands), Eddie Johnson (Seattle/M.L.S.), Chris Wondolowski (San Jose/M.L.S.).


Parece o o treinador do US Team ainda esta procurando alguém para lateral direita .Espero que não seja Brad Evans que para mim seria a pior opção . Steve Cherundolo ainda seria a melhor opção mas ele vêem sofrendo lesões que impelido de ir para  Copa do Mundo  .( talvez ele não seja mais um opção para o treinador do US Team )  Ainda acho que para esses amistosos  Jürgen Klinsmann deveria ter se arriscado mais chamando jogadores que não tiverem ou tiveram poucas chances na seleção dos Estados Unidos .



Áustria 1 x 0 Estados Unidos

Em seu ultimo amistoso do ano os Estados Unidos perderam para Áustria em Viena por 1a0 . Marc Janko foi o autor do gol austríaco aos 33 minutos do primeiro tempo .  Os donos da casa começaram dominando os 15 minutos incias da partida até que os americanos responderam com um chute de Aaron Johansson que obrigou o goleiro austríaco a fazer uma boa defesa sedeando escanteio paras equipe americana . Ainda no primeiro tempo os americanos tiveram uma chance com Jozy Altidore que chutou para fora depois de ter recebido cruzamento de Michael Bradley .

Os Estados Unidos começaram a segunda etapa atras do palcar e buscavam o gol de empate , aos 65 minutos Geoff Cameron disparou um chute mas o goleiro austríaco espalmou para longe . Os americanos ainda tiveram outra chance de gol com Terrence Boyd que chutou por cima do travessão .


http://www.ussoccer.com/news/mens-national-team/2013/11/131119-mnt-v-aut-match-report.aspx





sábado, 16 de novembro de 2013

Fall River Marksmen




O Fall River Marksmen foi uma equipe de futebol americana entre 1922 a 1931, antes o time da  cidade era chamado  Fall River Rovers ( 1884 - 1921 ) mas quando a Southern New England League Soccer e fundiu com a National Association Football League eles foram dissolvidos, em 1922 com American Soccer League ( ASL ) surgiu o Fall River United que naquele mesmo ano a equipe passou a se chamar Fall River Marksmen .

Conquistando 
America

O Fall River Marksmen e em geral os times de Fall River talvez fossem os únicos que realmente batiam de frente com o Bethlehem Steel,  eu acredito  que apesar dos muitos títulos do Bethlehem Steel o Fall River foi maior porque além dos quatro títulos da National Challenge Cup o Fall River foi sete vezes campeão da American Soccer League ( ASL ), o time de Fall River ao contrário de seus rivais buscavam em sua maioria talentos nascidos anos Estados Unidos tanto que quatro jogadores da seleção americana de 1930 tinham jogado no Fall River Marksmen : Bert Patenaude ( autor do primeiro  hat-trick em Copas do Mundo ) , Billy Gonsalves ( que junto de Patenaude era um dos maiores jogadores do país na época , Jimmy Douglas ( goleiro que ficou sem tomar gol em dois jogos seguidos em Copas do Mundo ) e Arnie Oliver .

Mark's Stadium

Com capacidade para 15 mil pessoas o Mark's Stadium, que regularmente tinha um publico com toda sua capacidade pode ter sido o primeiro estádio especifico para o soccer nos Estados Unidos ( informações dizem que pode ter sido o Bethlehem Steel ) . O estádio foi construído em North Tiverton, Rhode Island, perto da fronteira Massachusetts de Fall River. Sam Mark dono da equipe decidiu que o estadio fosse localizado lá para ´´fugir das Massachusetts Blue Laws: que não permitiam atividades nos domingos . Houveram vários jogos notáveis no Mark's Stadium, tanto nos jogos da ASL como em amistosos internacionais de clubes. Após o fim do Fall River esses estádio ainda serviu de casa para outro time tradicional dos Estados Unidos, o Ponta Delgada S.C.  que teve como jogadores como Ed Souza e Clark Souza, os dois jogaram no lendário jogo do qual os americanos derrotaram a Inglaterra por 1a0 na Copa do Mundo no Brasil em 1950 .


Rumo a Europa 

O Fall River Marksmen disputou amistosos contra times europeus dentro e fora da país, em setembro de 1926 o Fall River derrotou o Sparta Prague por 3a2 ,em junho de 1928 no Mark Stadium graças ao goleiro Jimmy Douglas o Fall River segurou um empate por 0a0 contra o Rangers F.C. ( Escócia ) .

Em agosto de 1928 o Fall River derrotou a Italian League XI por 4a2 no Palestra Italia , em 1930 o Fall River jogaria dois jogos contra o Rangers , o primeiro foi uma derrota por 3a2 e o segundo uma derrota por 6a1 .

Em 1930 o Fall River fez uma excursão pela Europa central enfrentado times da Tchecoslováquia , Áustria e Hungria, no elenco do time tinha jogadores importantes e veteranos inclusive Archie Stark que jogou como convidado . Na viagem para Europa central/leste o Fall River disputou sete jogos : perdendo três ( derrota de 4a0 para Slavia Praga ( Tchecoslováquia )  , derrota por 6a0 do FK Austria Wien ( Áustria ) e por 6a2 para Ferencvárosi TC ( Hungria) , um empate por 2a2 contra Slavia Praga e duas vitorias, uma por 3a1 contra o  FK Austria Wien e outra contra o ŠK Slovan Bratislava  ( atualmente , Eslováquia ) .

Mudança para New York Yankees e Encerramento 

Após sua turnê pela Europa em 1931 o time teve uma queda de público em seu estádio e estava sentindo os efeitos da Grande Depressão, para tentar mudar a situação o dono do clube , Sam Mark mudou a equipe para  Nova Iorque com o nome de New York Yankees .

O New York Yankees teve uma história muito curta , eles ficaram em terceiro lugar na ASL em 1931 na edição Spring ( primavera ) e ganharam uma National Challenge Cup, porém ainda como Fall River Marksmen , o New York Yankees jogou duas vezes contra o Celtic ( Escócia )  no primeiro jogo venceu por 4a3 mas no segundo foi derrotado por 4a1. Nesse mesmo ano a equipe por fim foi dissolvida .


American Soccer League

1923-24 , 1924-25 , 1925-26 , 1928-29 , Fall 1929 , Spring 1930 , Fall 1930 : 7 Títulos

National Challenge Cup

1924 , 1927 , 1930 , 1931 : 4 Títulos

Fall River jogadores

https://en.wikipedia.org/wiki/Category:Fall_River_Marksmen_players












terça-feira, 12 de novembro de 2013

U.S. Soccer Centennial : Bethlehem Steel FC 1907 - 1930





Bethlehem Steel FC foi um dos melhores clubes de futebol nos Estados Unidos no início do século XX , fundado como Bethlehem FC em 1907 e conhecido por Bethlehem Steel FC a partir de 1911 quando foi patrocinado pela Bethlehem Steel Corporation o time da Pensilvânia se tornou uns dos mais lendários times de futebol ( soccer ) dos Estados Unidos .

O Início e o Futebol Amador 

O futebol chegou a Bethlehem em 1904 , o esporte tomou gosto dos metalúrgicos da cidade que formaram um time de futebol, no início do século XX muitos clubes de futebol eram formados por operários que trabalham em fabricas . O time foi fundado em 1907 e começou disputando ligas regionais amadoras e teve como seu primeiro estádio o East End .


Bethlehem Steel FC

Com o apoio da siderúrgica Bethlehem Steel Corporation em 1911 o clube passou a se chamar Bethlehem Steel FC e se tornou profissional , em 1913 o Bethlehem Steel FC ganhou o primeiro estádio de futebol nos Estados Unidos ,o  Bethlehem Steel Athletic Field que existe até hoje , mas atualmente ele é usado como estadio de futebol americano por uma universidade , mas o nome do Bethlehem Steel ainda esta presente no estádio .



O Bethlehem Steel FC dominou o futebol dos Estados Unidos entre 1913 - 1930 , o clube ganhou muita rivalidade com os times de Fall River , principalmente o Fall River Rovers ( 1889 - 1921 ) e o Fall River Marksmen . Diferente dos seus rivais o Fall River Marksmen que buscavam talentos nascidos nos Estados Unidos, o Bethlehem Steel  FC busca talentos na Escócia e na Inglaterra fazendo que a equipe tivesse um futebol de alto nível que lhe rendeu cinco títulos da National Challenge Cup, hoje chamada Lamar Hunt US Open  o campeonato mais antigo de futebol dos Estados Unidos , o Bethlehem Steel  ainda é o maior campeão da competição com cinco títulos.



O Bethlehem Steel FC conquistou por  9 vezes a League Champion : 1913, 1914, 1915, 1919, 1920, 1921, 1927, 1929 e Fall 1929, American Cup  por 6 vezes : 1914, 1916, 1917, 1918, 1919 e 1924 ,  foi campeão uma vez da Lewis Cup em 1928 e uma vez da Allied Amateur Cup  . O Bethlehem Steel FC foi o primeiro clube de futebol dos Estados Unidos a fazer uma excursão pela Europa em 1919 na Escandinávia . Apesar de toda tradição do time da Pensilvânia o Bethlehem Steel nunca conquistou um título da American Soccer League ( ASL ) principal liga dos Estados Unidos em 1921 a 1933 .

Quinze jogadores que jogaram no Bethlehem Steel FC estão no National Soccer Hall of Fame ( Estados Unidos ) os maiores destaques são : o escocês naturalizado americano Archie Stark um dos melhores jogadores americanos de sua época e o escocês Alex Massie que jogou n o Aston Villa por 141 vezes além de ter jogado pela seleção escocesa por 18 vezes , outro destaque é Robert Millar que treinou a seleção americana semi-finalista na Copa do Mundo de 1930 .

O Fim do Bethlehem Steel FC

Em 1921, várias equipes das ligas regionais e outras se uniram para formar a Liga Americana de Futebol (ASL 1921 - 1933 ) . Apesar de TER uma das equipes mais fortes da época, os proprietários decidiram mudar de cidade em busca de mais público , movendo-se  para a Filadélfia, onde competiu com o  nome de Philadelphia Field Club. Apesar do Philadelphia ter vencido o primeiro campeonato da ASL, a equipe estava com problemas financeiros e não tinha o apoio dos fãs. A equipe voltou para Bethlehem no ano seguinte e voltou a usar o seu nome antigo . Em 1925, Bethlehem , e do resto da ASL, boicotaram a National Challenge Cup .Isso criou alguma animosidade com o United States Football Association , mas não tiveram nenhuma ramificação grave . No entanto, em 1928, aos time da  ASL novamente boicotaram a National Challenge Cup . Quando Bethlehem Steel optou por ignorar o boicote, a liga expulsou. Sob a liderança do USFA, Bethlehem Steel e outras duas equipes expulsas juntaram-se com as equipes da Southern New York State Soccer Association para criar a Eastern Soccer League . Essas ações, nos anosde 1928-1929 e as guerra entre as ligas ( ou federações ) de futebol junto com a Grande Depressão que atingiu em cheio o soccer nos Estados Unidos , financeiramente devastaram a ASL, ESL e Bethlehem Steel FC. O Bethlehem Steel FC chegou a retornar para  ASL em 1929,  mas o estrago já estava feito e a equipe encerrou suas atividades em  1930. Apesar da sua curta existência o Bethlehem Steel FC teve uma participação muito significativa para historia do soccer dos Estados Unidos .




http://www.mlssoccer.com/news/article/2014/09/16/ghosts-bethlehem-steel-still-linger-philadelphia-soccer-lore-word



segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Estados Unidos vs Escócia 15/11/2013






O treinador do US Team Jurgen Klinsmann definiu os 23 nomes para enfrentar a Escócia no 15 de Novembro e Áustria no dia 19 de Novembro nos últimos amistosos de 2013 em preparação para Copa do Mundo de 2014 no Brasil .

EUA vs Escócia

As duas equipes já se enfrentaram seis vezes , no ultimo confronto disputado em 26 de maio de 2012 os americanos golearam os escoceses por 5a1 . Outros confrontos entre as duas equipes foram : 6a0 Escócia em 1952, 1a0 Escócia em 1992 ,2a1 Estados Unidos em 1996 , em 1998 empate de 0a0 e em 2005 empate de 1a1.

GOALKEEPERS (3) : Bill Hamid (D.C. United), Tim Howard (Everton), Sean Johnson (Chicago Fire)

DEFENDERS (7) : DaMarcus Beasley (Puebla), John Brooks (Hertha Berlin), Geoff Cameron (Stoke City), Brad Evans (Seattle Sounders FC), Omar Gonzalez (LA Galaxy), Eric Lichaj (Nottingham Forest), Michael Orozco (Puebla)

MIDFIELDERS (7) : Alejandro Bedoya (Nantes), Michael Bradley (Roma), Mix Diskerud (Rosenborg), Fabian Johnson (Hoffenheim), Jermaine Jones (Schalke), Sacha Kljestan (Anderlecht), Brek Shea (Stoke City)

FORWARDS (6) : Jozy Altidore (Sunderland), Terrence Boyd (Rapid Vienna), Clint Dempsey (Seattle Sounders FC), Aron Johannsson (AZ Alkmaar), Eddie Johnson (Seattle Sounders FC), Chris Wondolowski (San Jose Earthquakes) -

Nenhuma novidade nos 23 nomes chamados por Jurgen Klinsmann ,acho até que nesses amistosos ele podia chamar jogadores que não tiveram ou tiveram pouca chances no US Team , jogadores como George John ( Zagueiro ) , Sam Cronin ( Meio Campo ), Michael Hoyos ( Meio Campo ) , Chris Pontius ( Atacante ) e Jack McInerney ( Atacante ) .

Outros nomes que eu acho que Klinsmann deveria chamar são Brad Guzan ( Goleiro ) que para mim merecia mais jogos e talvez alguns conhecidos do US Team que estão esquecidos .


Estados Unidos 0 x 0 Escócia


Estados Unidos viajaram para Escócia para disputar um amistoso visando a Copa do Mundo de 20,14 os escoceses não irão para Copa mas já estão se preparando para as eliminatórias para Euro de 2016 , as duas seleções entram em campo com jogadores que jogam em sues países e no exterior .

O jogo em si foi bem morno e acabou num empate de 0a0 , ouve poucas chances reais de perigo de gol para ambas as equipes  , Escócia jogou num 4-4-1 enquanto os Estados Unidos jogaram num 4-5-1 .

Parece que o treinador do US Team colocou Ed Johnson mas recuado , atuando pela esquerda o que não deu muito certo , aos 62 minutos Brek Shea entrou em seu lugar e deu mais movimentação para equipe o que geralmente acontece quando ele entra no jogo , me perguntou porque o treinador do US Team , Jurgen Klinsmann não escala ele para começar as partidas .

No outro lado para mim o que realmente eu não entendo porque os trenadores não costumam chamar Steven Naismith que esta com 27 anos e tem somente 27 jogos pela seleção , ele entrou  no final do jogo . Um jogador que era destaque do Rangers e que vêem atuando muito bom na Premier League merecia ser mais valorizado .

http://golazo.mlssoccer.com/matchcenter/2013-11-15-scotland-vs-usa/recap


domingo, 10 de novembro de 2013

San Jose Earthquakes o Rei da Califórnia




O San Jose Earthquakes é uma equipe de futebol americana com sede em San Jose, Califórnia ( EUA ) , que participa da Major League Soccer ( MLS ) . O San Jose Earthquakes é um dos dez membros fundadores da MLS que competiram na primeira temporada da liga em 1996 ( originalmente como o San Jose Clash ) . Apesar da história recente da MLS  ( 1996 ) o San Jose Earthquakes tem uma historia longa que vêem desde 1974 quando a North America Soccer League concedeu uma franquia para cidade de San Jose ,o nome Earthquakes veio originalmente de um concurso do jornal San Jose Mercury News, em que os fãs eram encorajados a enviar sugestões para o nome da franquia . O nome Earthquakes  foi escolhido pela equipe gerente geral Dick Berg .

Era 1974 - 1984

O San Jose Earthquakes jogou na NASL de 1974 até o seu colapso em 1984, o Earthquakes também participou do campeonato Indoor da NASL de 1975 a 1976  sendo campeão 1975, na temporada 1980-81, na temporada 1981-82 e em 1984 com como Golden Bay Earthquakes ( Na temporada de 1982-83 o Golden Bay Earthquakes disputou a Major Indoor Soccer League ( MISL1978 - 1992 ) . ( O San Jose passou a ser chamado de Golden Bay Earthquakes em 1983 ) . No outdoor o Earthquakes se classificou para os playoffs da NASL quatro vezes : 1974 perdendo nas quartas de final , 1975 o melhor desempenho do time terminando em primeiro lugar na Divisão Sul e perdendo na final da Pacific Conference , 1977 perdendo no primeiro round dos playoffs ( fase eliminatória ) e em 1983 na perdendo na semi final como Golden Bay Earthquakes . O jogador de maior destaque a jogar no San Jose Earthquakes foi o ex craque do Macnhester United , o Norte Irlandês George Best que jogou 56 jogos e marcou e 21 gols pelo San Jose , Best yambém representou o San Jose Earthquakes na NASL indoor com 21 jogos e 33 gols , outros jogadores que se destacaram no San José foram : Paul Child ( Inglaterra / EUA , Steve Zungul (  Iugoslávia ) e etc.

Era WSL e APSL 1984 - 1993 

Depois do fim da NASL em 1984 o San Jose Earthquakes se juntou a liga Western Soccer Alliance ( WSL 1985 - 1989 ) , a WSL foi uma liga profissional de futebol disputada por times da costa oeste do Estados Unidos e oeste do Canadá . O San Jose Earthquakes foi campeão da primeira edição do torneio em 1985 , quatro anos depois o time passaria a se chamar San Francisco Bay Blackhawks , nesse mesmo ano em 1989 a WSL se juntou a ASL e passo ua se chamar APSL . Como San Francisco Bay Blackhawks ( 1989 - 1993 ) a equipe foi campeã em 1991 na APSL e vice em 1990 , o San Francisco Bay Blackhawks também  teve uma excelente campanha na CONCACAF Champions Cup de 1992 sendo semi finalistas . Laurie Calloway foi o treinador do San Francisco Bay Blackhawks de 1991 - 1992 e como treinador , Calloway treinou uma equipe cheia de jogadores que mais tarde iriam jogar para San Jose na MLS, incluindo John Doyle , Troy Dayak , Paulo Bravo e Eric Wynalda . Porém a constantes discurções entre Wynalda e Laurie Calloway fizeram o treinador ser demitido em 1992 .

Era MLS 1996 - 1999  ( San Jose Clash )


O San Jose Clash ( O time era conhecido como Earthquakes mas passou a se chamar Clash a pedido da Nike, uns dos fundadores da Liga ) estava na temporada inaugural da Major League Soccer em 1996 , o primeiro treinador da equipe seria Laurie Calloway ex jogador do San Jose Earthquakes 1974-77( NASL ) e ex treinador do San Jose Earthquakes 1984-88  ( WSL) e San Francisco Bay Blackhawks 1991-92 ( APSL) , ignorando a história entre Calloway e Wynalda com o Blackhawks, a equipe adquiriu Wynalda como uns dos seus jogadores principais .

 Logo no seu ano de estreia o San Jose Clash fez historia ao participar do jogo inaugural da MLS em 1996 contra o D.C. United  no Spartan Stadium diante de um publico de 36.683 torcedores , Eric Wynalda fez o primeiro gol da história da MLS dando a vitória para os anfitriões ( San Jose ) . O San Jose conseguiu se classificar para os palyoffs de 1996 mas foram eliminados pelo Los Angeles Galaxy .

Em 1997 as cosas não estava boas para o San Jose , Wynalda e Calloway discutiram , O conflito atingiu proporções memoráveis ​​quando Wynalda contratou um avião para rebocar uma faixa exigindo a demissão de Calloway, devido as brigas entre os dois e baixo rendimento da equipe Calloway foi demitido , em seu lugar o San Jose Contratou Brian Quinn ex jogador da seleção americana com 48 jogos , no ano de 1997 mesmo com a mudança de treinador o San Jose terminou em ultimo lugar . As coisas ainda não estavam a melhorar e na temporada de 1998 o San Jose novamente falharia para se classificar para os Playoffs , na temporada de 1999 Brian Quinn foi demitido e Jorge Espinoza assumiu como interino por apenas dois jogos , no mesmo ano o San Jose contratou Lothar Osiander que já havia treinado o LA Galaxy e a seleção dos Estados Unidos mas novamente o San Jose não iria para os playoffs . No final de 1999 o nome da oficial da franquia mudou de Clash para Earthquakes .

Era Donovan 2001 - 2004 




Em 2000 o San Jose Earthquakes nomeou Frank Yallop como treinador e apesar do San Jose ter voltado com o seu nome original, a temporada de 2000 não foi boa e o time da Califórnia terminou em  ultimo lugar .

No ano de 2001 aconteceu o empréstimo que mudou a história da MLS, simplesmente Donovan se tornaria o melhor jogador de todos os tempos, destaque do mundial sub 17 de 1999 e atuando pelo Bayer 04 Leverkusen II, Landon Donovan chegou ao San Jose Earthquakes e rapidamente trouce um enorme retorno em campo e em seu primeiro ano no time ajudou o San Jose Earthquakes chegar a 45 pontos e a se classificar para os playoffs, o San Jose conquistou a MLS Cup derrotando seus maiores rivais, o Los Angles Galaxy .
Na temporada de 2002 o San Jose Earthquakes se tornou um dos grandes da MLS e pela segunda vez consecutiva avançou para os playoffs mas acabou sendo eliminado pelo Columbus Crew . Em 2003 o San Jose ganharia novamente a MLS cup, desta vez em cima do Chicago Fire . O ano de 2004 foi o ultimo de Donovan do San Jose, neste ano o San Jose avançou para os playoffs pela quarta vez consecutiva mas foi eliminados pelo Kansas City Wizards . A Era de Donovan no San Jose deu duas MLS Cups para o time da Califórnia .


Era MLS 2005 - 2006


Em 2005 o San Jose Earthquakes estava no comando de Dominic Kinnear, o San Jose foi campeão da época regular mas em dezembro desse ano foi anunciado que a franquia ira se muda para Houston por causa dos fracasso para encontrar um estádio especifico para o futebol para temporada seguida . No entanto, o comissário MLS Don Garber disse que o nome dosEarthquakes, cores, logotipo, logomarcas,  e registros históricos não seria transferidos .

Era MLS 2006 - Atual ( O Retorno dos Eartquakes )




No final de 2006 o San Jose planejava o seu retorno a MLS, o seu da equipe foi revivido para passar informações sobre a expansão do clube para Major League Soccer aos Fan , em 2007 o Comissário Don Garber anunciou que  San Jose Earthquakes estava de volta para temporada de 2008 , o antigo treinador da equipe Frank Yallop retornaria ao comando do time .

Desde a sua volta a MLS as primeiras duas temporadas do San Jose Earthquakes não foram fáceis , a equipe não avançou para os playoffs e terminou nas ultimas posições .

Em 2010 o San Jose Earthquakes reencontrou o se futebol e conseguiu se classificar para os playoffs e avançar até as semi final se sua conferencia . Na temporada seguinte o Earthquakes não se classificou para os playoffs e ficou na décimo quarto lugar na MLS .

Em 2012 o San Jose Earthquakes teve seu melhor desempenho na época regular em toda sua história , foi a grande surpresa do campeonato , o time ganhou um hábito de marcar gols no final para empatar ou ganhar de seus adversários . O San Jose Earthqukes conquistou o Supporters' Shield ( época regular ) pela segunda vez , Apesar da excelente campanha o San Jose foi eliminado dos playoffs pelo Los Galaxy seus maiores rivais .

Títulos

MLS Cup (2): 2001, 2003
Supporters' Shield (2): 2005, 2012

Minor Trophies

California Clásico (5):
1997, 2001, 2005, 2010, 2012
Carolina Challenge Cup (2): 2005, 2008
Heritage Cup (2): 2009, 2012
MLS Fair Play Award: 2010


All Star Team


GOLEIROS



-usa- Joe CANNON
-usa- David KRAMER
-can- Pat ONSTAD


DEFESAS

-usa- John DOYLE
-usa- Jeff AGOOS
-usa- Ramiro CORRALES
-usa- Wade BARRETT
-usa- Jimmy CONRAD
-usa- Eddie ROBINSON
-usa- Troy DAYAK
-nig- Michael EMENALO


MEIO CAMPISTAS

-den- Ronnie EKELUND
-usa- Manny LAGOS
-usa- Richard MULROONEY
-usa- Ian RUSSELL
-usa- Eddie LEWIS
-can- Dwayne DE ROSARIO
-usa- Bobby CONVEY


ATACANTES

-usa- Paul BRAVO
-arg- -ecu- Ariel GRAZIANI
-usa- Landon DONOVAN
-usa- Eric WYNALDA
-eng- Darren HUCKERBY
-esr- Ronald CERRITOS

-noi- George BEST



TIME RESERVA


GOLEIROS

-usa- Dave SALZWEDEL
-usa- Tom LINER
-usa- Jon BUSH
-chin- -usa-Mike IVANOW
-noi- -usa- Bill IRWIN

DEFESAS

-sco- Richard GOUGH
-sco- -usa- Dominic KINNEAR
-usa- Zak IBSEN
-usa- Chris RONER
-usa- Danny CALIFF
-usa- Craig WAIBEL
-crca- Mauricio WRIGHT
-eng- Laurie CALLOWAY

-usa- Jim McALISTER

MEIO CAMPISTAS

-crca- Mauricio SOLIS
-usa- Dario BROSE
-usa- Sam CRONIN
-mex- Missael ESPINOZA
-usa- -esr- Arturo ÁLVAREZ
-bra- GEOVANNI 
-ire- Ronnie O'BRIEN
-usa- Brian MULLAN
-guate- Jorge RODAS 
-newz- Simon ELLIOT
-sco- -usa- Johnny MOORE

ATACANTES

-usa- Chris WONDOLOWSKI
-usa- Christopher SULLIVAN
-usa- Brian CHING
-ven- Alejandro MORENO
-chile- Carlos FARIAS
-eng- Paul CHILD


MELHORES TREINADORES

-can- Frank YALLOP
-ger- Lothar OSIANDER