domingo, 31 de agosto de 2014

Estados Unidos 1 x 0 Rep.Tcheca (Amistoso)





No dia 3 de setembro de 2014 o U.S. Team ira disputar o primeiro amistoso depois da Copa do Mundo contra a Rep. Tcheca em Praga capital do país europeu . As duas equipes já se enfrentaram três vezes:  a primeira foi na Copa doMundo de 1990 na Itália quando o país ainda era unificado, na ocasião a Tchecoslováquia venceu os americanos por 5a1 no Grupo A, dezesseis anos depois na Copa do Mundo na Alemanha a Rep. Tcheca derrotou os Estados Unidos por 3a0 pelo Grupo E pela primeira fase do torneio, a terceira e última vez que as duas seleções se enfrentaram foi em 2010 num amistoso de preparação dos americanos para Copa do mundo na Africa do Sul em 2010 na qual os tchecos venceram por 4a2 .


Convocação Original 28 de agosto de 2014

Goleiros (3): Cody Cropper (Southampton), Brad Guzan (Aston Villa), Nick Rimando (Real Salt Lake)

Defesas (7): John Brooks (Hertha Berlin), Geoff Cameron (Stoke City), Timmy Chandler (Eintracht Frankfurt), Greg Garza (Club Tijuana), Fabian Johnson (Borussia Mönchengladbach), Michael Orozco (Puebla), Tim Ream (Bolton )

Meio-campistas (7): Alejandro Bedoya (Nantes), Joe Corona (Club Tijuana), Mix Diskerud (Rosenborg), Julian Green (Bayern de Munique), Emerson Hyndman (Fulham), Alfredo Morales (Ingolstadt), Brek Shea (Stoke City)


Atacantes (5): Jozy Altidore (Sunderland), Joe Gyau (Borussia Dortmund II), Jordan Morris (Stanford), Rubio Rubin (Utrecht), Bobby Wood (1860 Munique)


Rep. Tcheca

Goleiros (3): Petr Cech (Chelsea / ENG), Tomas Vaclik (FC Basel / SUI), David Bičík (Sparta Praga)

Defesas (7): Radim Reznik (Viktoria Plzen), Vaclav Prochazka (Viktoria Plzen), David Limbersky (Viktoria Plzen), Pavel Kaderabek (Sparta Praga), Michal Kadlec (Fenerbahce / TUR), Marek Suchy (FC Basel / SWI), Daniel Pudil (Watford / ENG)

Meio-campistas (9): Milan Petrzela (Viktoria Plzen), Daniel Kolar (Viktoria Plzen), Tomas Horava (Viktoria Plzen), Vaclav Pilar (Viktoria Plzen), Vladimir Darida (Freiburg / GER), Petr Jiracek (Hamburgo / GER), Borek Dockal (Sparta Praga), Ladislav Krejci (Sparta Praga), Tomas Rosicky (Arsenal / ENG)

Atacantes (1): Jan Vydra (Watford / ENG).




Achei muito interessante essa convocação, dos 22 nomes Jurgen Klinsmann chamou sete jovens jogadores que tiveram poucas oportunidades ou nunca jogaram no U.S. Team . Apesar de ter gostado da convocação eu gostaria de ver Donovan no time ele seria de grande ajuda para esses jovens jogadores, outro nome interessante seria Clint Irwin o jovem goleiro fez uma bom desempenho em 2013 e já que aparentemente Jurgen Klinsmann está buscando renovação, Clint Irwin merecia estar na lista .



Minha Convocação


Goleiros ( 3 ) : Brad Guzan, Aston Villa ( Inglaterra ), Bill Hamid, D.C. United ( EUA ) e Cody Cropper, Southampton ( Inglaterra )

Defesas  ( 7 ): DeAndre Yedlin, Seattle Sounders ( EUA ), Matt Besler ( Sporting Kansas City ), Omar Gonzalez, LA Galaxy ( EUA ), John Anthony Brooks, Hertha BSC ( Alemanha ), Geoff Cameron, Stoke City ( Inglaterra ), Fabian Johnson, Borussia Mönchengladbach ( Alemanha ) e Shane O'Neill, Colorado Rapids ( EUA )

Meias ( 7 ) : Michael Bradley, Toronto FC ( Canadá ), Jermaine Jones, New England ( EUA ), Landon Donovan, LA Galaxy ( EUA ), Dilly Duka, Chicago Fire ( EUA ), Caleb Stanko, SC Freiburg ( Alemanha ), Sacha Kljestan, Anderlecht ( Bélgica ) e Alejandro Bedoya, Nantes ( França ) .

Atacantes : Clint Dempsey, Seattle Sounders ( EUA ), Brek Shea, Stoke City ( Inglaterra ), Jozy Altidore, Sunderland ( Inglaterra ), Aron Jóhannsson, AZ ( Holanda ), Julian Green, Bayern Munich ( Alemenha ) e Jack McInerney, Montreal Impact ( Canadá ) .


Pré Jogo 

XI Inicial EUA : Guzan; Johnson, Orozco, Brooks, Chandler; Bedoya, Corona, Diskerud; Gyau, Altidore (c), Green .

Reservas EUA : Rimando, Cropper, Garza, Hyndman, Morales, Morris, Ream, Rubin, Shea, Wood.

XI Inicial Rep. Tcheca : Cech, Kaderabek, Prochazka, Kadlec, Limbersky, Darida, Jiracek, Pilar,Rosicky, Krejci, Vydra .




Com um time misto com jogadores fazendo sua estria pela seleção os americanos venceram a Rep. Tcheca fora de casa pela primeira vez na história,o gol saiu no primeiro tempo com Bedoya aos39 minutos do primeiro tempo depois que Diskerud ariscou um chute, o Cech  espalmou e lá estava Bedoya para fez o único gol da partida dando a vitória para o time americano . No segundo tempo houve as tradicionais substituições em amistosos para os  dois lados, no lado americano, jogadores jovens entraram no jogo . O jogo todo foi equilibrado, com méritos para os americanos que não se intimidaram mesmo estando com um time jovem conquistaram uma boa vitória contra um time forte jogando fora de casa .

Notas 

Brad Guzan ( 6 ) : Foi pouco exigido .

Fabian Johnson ( 6,5 ) Sempre útil pelo lados .

John Anthony Brooks ( 6,0 ) Esteve bem defensivamente .

Michael Orozco ( 6 ) Esteve seguro .

Timmy Chandler ( 6 ) Esteve bem pela direita .

Alejandro Bedoya ( 7,0 ) Autor do gol .

Joe Corona ( 5, 5 ) Não foi mau no jogo .

Mix Diskerud ( 6,5 ) Esteve presente na jogada do gol .

Joe Gyau ( 6,5 ) Deu trabalho aos defensores adversários .

Jozy Altidore  (5,5 ) Sumido no jogo .

Julian Green  ( 7, 0 ) Fez um bom jogo, não é a toa que ele é considerado uma promessa .

Nick Rimando ( 6,5 ) Fez boa defesas .

Greg Garza ( 6,0 ) Entrou no segundo tempo, entrou bem .

Tim Ream  ( 6, 0 ) Entrou no segundo tempo, fez um bom jogo .

Alfredo Morales ( 5, 5 ) Brek Shea  ( 5, 5 ) Emerson Hyndman ( 5, 5 ) : Os três entram no segundo tempo, apareceram pouco mais não comprometeram ,

J. Klinsmann ( 7,0 ) Armou bem o time contra um adversário forte .


Time da Rep. Tcheca : O time foi surpreendido pelo time americano e mesmo jogando em sua capital foi derrotado pelo os americanos, os destaques do tchecos foram : o goleiro  Cech e Reznik .


Opinião sobre o jogo : Eu achei esse jogo muito interessante, mesmo sem seus principais jogadores  e muito deles muito jovens os americanos venceram um adversário forte e fora de casa .  Achei que todo time esteve bem .



           


             Estatísticas

Rep. Tcheca    X     EUA

            10 Chutes 7
       5  Chutes ao Gol  5
          6 Escanteios 4
        25 Cruzamentos  15
          5 Impedimentos 1
            17 Faltas 14
           0 C. Amarelos 1
           0  C. Vermelhos 0
    434 total de Passes 466
  81% Passing Precisão 83%
  48,8% Posse de 51,2%
       9 Desarmes 14
        4 Defesas 5


Melhores Momentos

https://www.youtube.com/watch?v=Yf2L7ql8xaI&feature=youtu.be

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

O Adeus de Donovan



 Eu conheci o soccer dos Estados Unidos no inicio dos anos 00, jogando Championship Manager e foi lá que eu conheci Landon Donovan, ele foi o primeiro jogador que eu realmente acompanhei desde do inicio e por isso ele é o meu maior ídolo . O Fim de uma Era é a melhor frase para descrever o que eu sinto em relação a aposentadoria de Donovan e talvez essa seja a postagem mais difícil que vou fazer . O ano de 2014 vai ser o último ano do maior jogador dos Estados Unidos de todos os tempos, ele anunciou que iria se retirar do futebol profissional no final da temporada de 2014 e provavelmente fará o seu último jogo pelo U.S. Team no dia 10 de outubro num amistoso contra o Equador .

Para  mim não resta dúvida que Donovan foi o melhor jogador dos Estados Unidos de todos os tempos, ele praticamente quebrou todos os recordes possíveis em seu país, Donovan não só se destaca em seu pais ele é um dos principais jogadores do futebol mundial . Landon Donovan fez um algo único que nenhum outro jogador da história fez, ele foi o jogador que mais ajudou o futebol dos Estados Unidos a se desenvolver como nunca antes, o empréstimo do Bayer Leverkusen  para o San Jose Earthquakes nos 00 mudou a história da Major League Soccer para sempre, talvez tenha sido um dos acontecimentos que transformou a liga no que ela é hoje, Donovan além de ter levado a liga a outro nível ajudou o U.S. Team a conquistar vitórias importantes no senário do futebol mundial e é assim que o Capitão America deixa o seu legado, um verdadeiro herói americano .


Obrigado Donovan !


terça-feira, 19 de agosto de 2014

Top 9 dos Jogadores Americanos mais Afetados por Lesão




Nome : John O'brien
Posição : Lateral e Meio-Campista
Seleção : 32 jogos e 3 gols
Aposentadoria : 29 anos

John O'brien começou a sua carreira no tradicional AFC Ajax mostrando todo seu potencial conseguindo um contrato profissional com o time holandês em 1998 aos 21 anos. Na seleção americana ele fez a sua estreia 1998 se tornando um dos principais jogadores dos Estados Unidos no inicio dos anos 00 sendo um dos destaques do time americano na Copa do Mundo de 2002. Infelizmente John O'brien sofreu com lesões crônicas que limitaram o seu tempo no futebol o forçando a uma aposentadoria prematura.



Nome : Clint Mathis
Posição : Atacante e Meia Atacante
Seleção : 46 jogos e 12 gols
Aposentadoria : 34 anos

Clint Mathis teve um começo magistral na Major League Soccer quebrando o recorde de mais gols marcados num único jogo pelo Metrostars contra o Dallas Burn em 2000. Na seleção americana ele fez a sua estreia em 1998 e foi um dos principais jogadores dos Estados Unidos na Copa do Mundo de 2002. Clint Mathis sofreu com lesões no Ligamento cruzado anterior.





Nome : Taylor Twellman
Posição : Atacante
Seleção : 30 jogos e 6 gols
Aposentadoria : 30 anos

Taylor Twellman é um dos maiores artilheiros da Major League Soccer de todos os tempos com 101 gols e 174 jogos, ele tem a melhor média de gol entre os dez primeiros artilheiros da liga. Na seleção Taylor Twellman ajudou na conquista do título da Gold Cup de 2007. Ele se aposentou devido a uma lesão séria no pescoço subsequente por uma grave concussão.

Curiosidade : Taylor Twellman tem uma soccer family, o seu pai Tim Twellman e tios Mike Twellman e Steve Twellman jogaram futebol profissional nos Estados Unidos.


Nome : Jonny Walker
Posição : Goleiro
Seleção : 3 jogos e Clean Sheet
Aposentadoria : 32 anos

Jonny Walker foi um excelente goleiro com uma carreira muito interessante, ele foi o americano que mais teve sucesso na América do Sul jogando no Chile disputando competições importantes como Copa Libertadores e Copa Mercosul. Jonny Walker chegou na Major League Soccer em na metade dos anos 00 se tornando um dos principais goleiros da liga. Na seleção ele fez a sua estreia contra Dinamarca, ele fez um Clean Sheet na vitória dos Estados Unidos sobre o México por 1-0. Jonny Walker foi forçado a se aposentar por causa de uma grave hérnia de disco.




Nome : Steve Snow
Posição : Atacante
Seleção : 2 jogos
Aposentadoria : 24 anos

Steve Snow teve um início muito promissor, ele foi o artilheiro da seleção americana na Copa do Mundo sub-20 de 1989 e do Pan Americano de 1991, ele disputou os jogos olímpicos de Barcelona de 1992 e é o maior artilheiro da seleção americana sub-23 com 10 gols. Infelizmente o jovem atacante teve problemas no joelho e se aposentou prematuramente.





Nome : Erik Imler
Posição : Defesa e Meio Campo
Seleção : 1 jogos
Aposentadoria : 28 anos

Erki Imler teve muito sucesso na National Collegiate Athletic Association sendo nomeado como Soccer America College Team of the Century. Ele jogou pelo D.C. United em 1996 ajudando a sua equipe no título da MLS Cup. Erik Imler disputou as Olimpíadas de 1992 e jogou um jogo pela seleção principal. Se aposentou devido uma lesão no Ligamento cruzado anterior.




Nome : Kyle Martino
Posição : Meio Campo
Seleção : 8 jogos e 1 gol
Aposentadoria : 26 anos


Kyle Martino fez sucesso imediato da Major League Soccer sendo MLS Rookie of the Year em 2002 e ajudando o Columbus Crew no título Lamar Hunt U.S. Open Cup de 2002. Na seleção eles disputou na Copa das Confederações e marcou um gol contra o Panamá nas eliminatórias para Copa do Mundo de 2006. Ele foi aconselhado a se aposentar por médicos devido a lesões que sofreu ao longo e sua carreira.




Nome : Stuart Holden
Posição : Meio Campo
Seleção : 25 jogos e 3 gols
Aposentadoria : 29 anos

Stuart Holden foi um bom meio-campista que teve grande destaques em equipes como Houston Dynamo e Bolton Wanderers. Na seleção ele disputou em competições como a Copa do Mundo de 2010 e os jogos olímpicos de 2008. Na temporada 2010-11 da Premier League Stuart Holden sofreu uma entrada covarde do Jonny Evans, as travas da chuteira rasgaram o joelho do jogador americano  deixando um corte que exigia vinte e seis pontos e uma fratura do fêmur perto da articulação do joelho, ele nunca se recuperou totalmente e se aposentou por causa da lesão.




Nome : Eric Wynalda
Posição : Atacante e Meia
Seleção : 106 jogos e 34 gols
Aposentadoria : 32 anos

Eric Wynalda foi um dos melhores jogadores dos Estados Unidos de todos os tempos, ele jogou em equipes na Major League Soccer e na Alemanha. Na seleção americana Eric Wynalda disputou três Copas do Mundo : 1990, 1994 e 1998. Infelizmente ele foi perseguido por lesões, a primeira em 1999 quando rasgou ligamento cruzado anterior e menisco medial no joelho esquerdo, na pré temporada em 2002 ele novamente rasgou o ligamento cruzado anterior no que resultou na sua aposentadoria.

Curiosidade : Em 2007, Eric Wynalda fez um breve retorno no futebol jogando pelo Bakersfield Brigade.



Outros jogadores afetados por lesão : Ben Olsen, Rick Davis, Claudio Reyna, Brian Maisonneuve, Ante Razov, Steve Cherundolo, Cam Rast, George John, John Harkes, Chris Armas,  Robin Fraser, D. J. Countess, Mike Duhaney, Ian Joy, Bryan Namoff, Cory Gibbs, Sasha Victorine, Danny Szetela, Daniel Karbassiyoon, Nelson Vargas e Oguchi Onyewu.

quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Top 10 dos Melhores Jogadores Americanos que Nunca Jogaram na Seleção Americana




Ian Russell (Meio - Campo)

Ian Russell começou no Seattle Sounders que disputava USISL A-League tendo grande destaque, ele se transferiu para o San Jose Earthquakes (MLS) em 2000 tendo sucesso imediato conquistando duas MLS Cups (2001 e 2003) pela equipe da Califórnia. Ian Russell tem um recorde de cinco gols e vinte assistências em 134 jogos na Major League Soccer.




Mike Duhaney (Defesa)


O MLS Rookie de 1997, Mike Duhaney era um promissor defensor que se destacou na Major League Soccer no final dos anos 90, ele foi presentado com uma transferência para o clube alemão  FSV Mainz 05 mas infelizmente ele se aposentou prematuramente aos 29 anos por causa de uma lesão.





Jim Rooney (Meio - Campo e Atacante)



Jim Rooney jogou por cinco temporadas na Major League Soccer nesse período ele marcou 21 gols e 22 assistenciais em 116 jogos. Em 2001 ele ajudou o Miami Fusion a ganhar o MLS Supporters' Shield. Jim Rooney encerrou sua carreira em 2004 no Long Island Rough Riders clube que ele inciou a carreira.






Mike Ammann (Goleiro)

Mike Ammann foi um ótimo goleiro, ele começou no Los Angeles Heat que disputava a American Professional Soccer League, em 1994 ele foi contratado pelo Charlton Athletic da Inglaterra. Em 1996, Mike Ammann voltou aos Estados Unidos para jogar na temporada inaugural da Major League Soccer pelo Kansas City Wizards se destacando na liga, ele tem um recorde de 15 clean sheets em 125 jogos. Mike Ammann se aposentou aos 30 anos, ele vinha sofrendo com lesões desde o incidente com Mamadou Diallo que num choque pisou no goleiro que quebrando três das suas costelas, Ammann teve o pulmão perfurado e teve uma concussão.






Scott Garlick (Goleiro)

Scott Garlick foi um dos pioneiros na Major League Soccer, ele jogou em cinco equipes da MLS com um recorde de 48 clean sheets em 237 jogos.






Shep Messing (Goleiro)

A lenda do New York Cosmos foi um dos melhores goleiros dos Estados Unidos de sua época, Shep Messing se destacou na North American Soccer League e na Major Indoor Soccer League durante os 24 anos em que jogou profissionalmente. Apesar de nunca ter tido jogado na seleção principal, ele disputou os jogos Olímpicos de 1972, recebendo propostas de times da Alemanha e México mas preferiu ficar no futebol dos Estados Unidos.





Steve Rammel (Atacante)

Steve Rammel foi um dos pioneiros da Major League Soccer jogando na temporada de estreia da liga pelo D.C. United. Ele fez uma grande temporada em 1996 sendo um dos artilheiros com 14 gols e ajudando o D.C. United na conquista do título da MLS Cup de 1996.




Mike Magee (Meia e Atacante) 

Mike Magee teve uma cerreira de sucesso na Major League Soccer conquistando duas MLS Cups pelo LA Galaxy. Sua melhor temporada foi em 2013 quando marcou 21 gols, ele tem um recorde de 70 gols e 38 assistências em 316 jogos. Curiosamente após a lesão do goleiro do LA, Mike Magee jogou como goleiro contra o San Jose Earthquakes em junho de 2011, ele defendeu um pênalti e conseguiu um clean sheet.




Seth Stammler (Meio-Campista)

Considerado um jogador versátil, Seth Stlammler jogava como volante e na meia esquerda, ele jogou por toda sua carreira na equipe de New York disputando sete temporadas. Ele tem um recorde de seis gols e treze assistências na Major League Soccer em 142 jogos.




Pete Marino (Atacante)

Pete Marino se destacou nos primeiros anos da Major Leaguen Soccer sendo um dos artilheiros da primeira temporada da liga com 18 gols pelo Columbus Crew. Ele tem um recorde da Major League Soccer de 25 gols, 8 assistências em cem jogos. 

sexta-feira, 8 de agosto de 2014

Os Dezessies Americanos que Jogaram por um Clube Só







1. Steve Cherundolo (Hannover 96 de 1999 - 2014)  

O veterano lateral americano de três Copas do Muno Steve Cherundolo lidera essa lista, para mim Steve Cherundolo foi o melhor lateral dos Estados Unidos de todos tempos.

Ele chegou ao Hannover 96 em 1999 quando o clube disputava a 2.Bundesliga aos poucos foi ganhando espaço no time, ele ajudou o time a conquistar o título da 2.Bundesliga na temporada 2001-2002 fazendo que sua equipe chegasse a Bundesliga que é umas das principais ligas do mundo.

Não demorou muito para que Cherundolo ganhasse reconhecimento em 2010 ele se tornou capitão da equipe e se tornou um dos ídolos do time, Cherundolo disputou 370 jogos e marcou 7 gols pelo Hannover .






2. Brian Maisonneuve (Columbus Crew 1996 - 2004)

Maissonneuve chegou ao time de Ohio em 1996 na primeira temporada da Major League Soccer, ele disputou 172 jogos marcando 23 gols e 37 assistências pelo Columbus Crew. No inicio dos anos 2000 Brian Maissonneuve sofreu muitas lesões e em 2004, ele voltou a sofrer com lesões o que resultou na sua aposentadoria no futebol profissional.

Brian Maisonneuve disputou treze jogos pela seleção americana, ele representou a seleção americana nos jogos Olímpicos de Atlanta em 1996. O meio-campista também disputou a Copa do Mundo de 1998 e a Gold Cup de 2002 da qual os americanos conquistaram o seu segundo título.



3. Seth Stammler (New York Red Bulls 2004 - 2010) 

Seth Stammler chegou ao time da cidade Nova Ioque também conhecida como Big Apple em 2004 pelo MLS SuperDraft, ele jogava na lateral, na meia esquerda e até como volante. Stlammler nunca teve uma oportunidade na seleção americana mas foi um jogador de destaque no NY Red Bulls marcando 6 gols e 13 assistências em 142 jogos.

Seth teve uma aposentadoria prematura, ele anunciou que iria se retirar do futebol em 2010 para estudar na Universidade de Chicago Booth School of Business, nesse mesmo ano ele ganhou o prêmio MLS Humanitarian of the Year .




4. Kevin Crow (San Diego Sockers 1983 - 1996)

Kevin Crow jogou profissionalmente durante os anos 80 e 90, ele só vestiu, a camisa do San Diego Sockers, a curiosidade é que Kevin defendeu o San Diego Sockers por três ligas diferentes : NASL, MISL (Indoor) e CISL (Indoor).

Kevin Crow foi um dos melhores jogadores de sua década, ele ganhou por cinco vezes o prêmio de melhor defesa da Major Indoor Soccer League : 1985, 1988, 1989, 1991, 1992 . Ele disputou 52 jogos e marcou 5 gols no San Diego Sockers da NASL e pelo San Diego Sockers da MISL ele disputou 350 jogos e marcou 66 gols. Kevin Crow defendeu os Estados Unidos nas Olimpíadas de 1984 e 1988.



5. Gerard Lagos (Minnesota Thunder 1990 - 2001)

Gerard Lagos jogou por onze anos pelo Minnesota Thunder  marcando 44 gols pelo seu time. Ele disputou a Copa do Mundo sub-20 de 1989 pelo U.S. Team que na ocasião chegou a semi-final.
Lagos marcou o primeiro gol de sua equipe em 1990, na época o treinador era Buzz Lagos que inclusive é o pai de Gerard Lagos, seu irmão Manny Lagos também foi jogador, ele jogou no Minnesota Thunder e no San Jose Earthquakes da Major League Soccer.




6. Matt Holmes (Minnesota Thunder 1991 - 1998)

Outro jogador do Minnessota Thunder na lista, o defesa e meio-campista Matt Holmes.




7. Michael Anhaeuser (Charleston Battery 1994 - 1998) 

O meia campista Michael Anhaeuser jogou por quatro anos no Charleston Battery, ele disputou 115 jogos e marcou dois gols, Anhaeuser conquistou um título com Battery em 1996, quando foi campeão da USL A-League. Ele atualmente treina Charleston Battery e está no comando desde 2004 .







8.Logan Pause (Chicago Fire 2003 - 2014)

O veterano da Major League Soccer Logan Pause jogou por onze anos no Chicago Fire, o volante disputou 286 jogos e marcou três gols. Ele conquistou duas Lamar Hunt U.S. Open Cup :  2003, 2006 e um MLS Supporters' Shield : Winner: 2003.






9.Jimmy Banks (Milwaukee Wave 1987 - 1993)

Jimmy Banks disputou a Copa do Mundo de 1990 e jogou entre o final dos anos 80 a inicio dos anos 90 no Milwaukee Wave (MISL), ele disputou 136 jogos e marcou seis gols. Na seleção americana Jimmy Banks jogou 36 jogos .





10.John Swallen (Minnesota Thunder 1990 - 2001)  

O goleiro John Swallen jogou pelo Minnesota por uma década mas precisamente por onze anos, ele é o terceiro jogador do Minnesota Thunder na lista .




11.Mark Pulisic (Harrisburg Heat 1991- 1999)

O atacante Mark Pulisic é o décimo primeiro jogador da lista e também é o terceiro que jogou no indoor soccer, ele atuou pelo Harrisburg Heat na NPSL durante os anos 90 e marcou 296 gols. Seu filho, Christian Pulisic também é jogador de futebol e atualmente joga no Borussia Dortmund .




12.Neil Covone (Fort Lauderdale Strikers 1991-1992)
O meio-campista Neil Covone jogou pelo Fort Lauderdale Strikers na American Profissional League (APSL) no inicio dos anos 90, Covone também disputou a Copa do Mundo de 1990 e jogou cinco jogos pelo U.S.Team.


13.Eddy Hamel (Ajax 1922-1930)

Eddy Hamel é o jogador mais antigo na lista, ele jogava como ponta direita e disputou 125 jogos marcando oito gols pelo time holandês. Ele foi o primeiro jogador judeu a jogar pelo Ajax. Eddy Hamel foi assassinado no campo de concentração em Auschwitz em 1943.



14.Frank Borghi (St. Louis Simpkins-Ford)

A lenda da seleção americana e um dos heróis da Copa do Mundo de 1950 passou por sua toda carreira jogando pelo St. Louis Simpkins-Ford. Ele ajuda a equipe de Missouri a conquistar duas National Challenge Cup (Lamar Hunt U.S. Open) em 1948 e em 1950.


15.Chris Bahr (Philadelphia Atoms 1975)

Chris Bahr é filho de Walter Barh que um dos heróis da Copa do Mundo de 1950 pela seleção americana, assim como seu pai Chris tinha um talento especial, ele disputou uma única temporada como jogador de soccer pelo Philadelphia Atoms (NASL) em 1975. Chris Barh foi um dos principais jogadores da liga em na temporada de 1975 com 11 gols, 2 assistências em 22 jogos. No ano seguinte Chris Barh decidiu seguir sua carreira esportiva no futebol americano, ele teve grande destaque jogando em três equipes da National Football League.



16.Charlie Colombo (St. Louis Simpkins-Ford)

Outro herói da Copa do Mundo de 1950, Charlie Colombo conquistou duas National Challenge Cup (Lamar Hunt U.S. Open) em 1848 e 1950 pelo St. Louis Simpkins-Ford junto de seu colega de equipe e da seleção americana Frank Borghi.