terça-feira, 22 de março de 2016

Estados Unidos vs Guatemala (Eliminatórias para Copa do Mundo de 2018)



No dia 25 de março os Estados Unidos enfrentam a Guatemala em jogo válido pelo quarto round das eliminatórias da CONCACAF para Copa do Mundo da Russia de 2018 no Estadio Mateo Flores, Guatemala City . Os americanos estão com um bom retrospecto contra a seleção guatemalteca, foram vinte e cinco jogos disputados com quinze vitorias americanas, seis empates e quarto vitorias da Guatemala. A última vez que as duas seleções se enfrentaram foi em 2015 em partida amistosa, os americanos ganharam por 4a0 .

Pelo Grupo C, no quarto round das eliminatórias da CONCACAF para Copa do Mundo da Russia em 2018 os americanos estão confortáveis com uma vitoria e um empate em dois jogos, os Estados marcaram seis gols e sofreram um . Enquanto a Guatemala em dois jogos tem uma vitoria e uma derrota, a seleção centro-americana marcou cinco gols e sofreu dois . As duas equipes voltam se enfrentar no dia 29 de março, no Mapfre Stadium, Columbus .


Convocação

Goleiros (4): David Bingham (San Jose Earthquakes), Brad Guzan (Aston Villa), Tim Howard (Everton FC), William Yarbrough (Club Leon; )

Defesas (9): Ventura Alvarado (Club America; ), Matt Besler (Sporting Kansas City), Steve Birnbaum (D.C. United; ), John Brooks (Hertha Berlin; ), Geoff Cameron (Stoke City; ), Edgar Castillo (Monterrey;), Omar Gonzalez (Pachuca;), Michael Orozco (Club Tijuana;), DeAndre Yedlin (Sunderland;)

Meio-Campistas(8): Kyle Beckerman (Real Salt Lake ), Alejandro Bedoya (Nantes FC), Michael Bradley (Toronto FC; ), Mix Diskerud (New York City FC), Ethan Finlay (Columbus Crew SC;), Fabian Johnson (Borussia Monchengladbach), Darlington Nagbe (Portland Timbers FC), Lee Nguyen (New England Revolution)

Atancates (5): Jozy Altidore (Toronto FC ), Clint Dempsey (Seattle Sounders FC), Chris Wondolowski (San Jose Earthquakes;), Bobby Wood (Union Berlin ), Gyasi Zardes (LA Galaxy)

Análise de Convocação

Eu gostei dos nomes escolhidos por Klinsmann para estes dois jogos contra Guatemala, o único nome que não gostei foi Lee Nguyen que para mim é um jogador supervalorizado que não deveria estar no time nacional, quem podia estar no lugar dele é Sasha Kljestan que está muito bem no seu retorno na  MLS . Eu acredito que Klinsmann deveria ficar mais atento na renovação dos volantes na seleção americana, eu gosto do Jones e Beckerman mas o treinador da seleção americana tem quem dar mais chances aos jogadores jovens desse setor como : Kitchen, Powers, Morales,Williams e etc. Por último eu acredito que está mais do que na hora de dar uma chance a Jack McInerney que por algum motivo é sempre ignorado pelo trenador do U.S. Team .


USA XI ( 4-5-1 ) Howard, Cameron, González, Orozco, Castillo, Yedlin, Bradley(c), Diskerud, Bedoya, Wood e Dempsey.

Guatemala XI ( 4-4-2 ) Paulo Motta, Cristian Jiménez, Hamilton López, Moises Hernandez, Rafael Morales, Stefano Cincotta, Jean Marquez, Rodrigo Saravia, Jose Contreras, Carlos Ruiz e Gerson Tinoco .





Estados Unidos perdem para Guatemala por 2a0 : Logo no inicio da partida a Guatemala assustou o time americano, depois de um erro da defesa yankee . Aos 6 minutos Jean Marquez cobrou escanteio, Rafael Morales cabeceou, a bola desviou em Diskerud e parou no fundo da rede, Ainda atordoados com o gol aos 15 minutos os Estados Unidos sofreram o segundo gol que começou no tiro de meta batido por Motta, a bola ficou com Bradley que tocou errado para o veterano Ruiz que ficou sozinho com Howard que não teve dificuldades para ampliar . Aos 52 minutos os Estados Unidos fizeram uma boa jogada com Yedlin que tocou para Dempsey que obrigou Motta a fazer boa defesa, a bola sobrou para Bedoya que chutou para gol mas Motta novamente salva a Guatemala . Minutos depois boa troca de passes, Nagbe passou para Wood dentro da área que gira e passa para Dempsey que chuta no meio do gol e novamente o goleiro guatemalteco salva sua equipe, a partida estava se tornando um pesadelo para os americanos que aos 72 criaram sua última boa oportunidade com Castillo e Bedoya pela esquerda, depois com Dempsey que passa para Altidore livre, o atacante americano mando para gol mas Paulo Motta faz milagre e manda para escanteio. Depois disso nenhuma das equipes criaram grandes chances, á não ser por duas chances da Guatemala : uma bola no travessão e outra que o jogador guatemalteco mandou por cima .

Notas :

Howard ( 5,5) Não teve culpa nos gols .

Cameron (6,0) Parecia o mais atento na defesa, fez algumas poucas jogadas .

González (5,5) Não foi bem como o resto da defesa .

Orozco (5,0) Não estava bem na marcação .

Castillo (5,5) Fez alguns desarmes, apoio bem na esquerda .

Yedlin (5,5) Correu bastante e tentou criar jogadas, mas não conseguiu .

Bradley (3,0) Péssima partida, culpado pelo segundo gol. Errou muitos passes e foi ineficiente no meio campo .

Diskerud (3,5) Péssima partida, assim como Bradley foi culpado num dos gols .

Bedoya (3,0) Criou uma ou duas jogadas, errou muito e ainda perdeu oportunidades .

Wood (3,5) Parecia que estava mais afim de reclamar e brigar do que jogar futebol .

Dempsey (4,5) Foi presente no jogo mas deveria ter marcado pelo menos um gol pelas chances que teve .

Nagbe (4,0) Parecia que ia dar algo diferente para o time mas não deu, na verdade foi bem ausente .

Zardes (4,0) Entrou para dar mais velocidade e poder ofensivo ao time, não aconteceu ;

Altidore (5,0) Em sua unica participação no jogo, obrigou ao goleiro adversário a fazer boa defesa .

Klinsmann (2,0)  Armou muito mal o time e mexeu muito mal durante o jogo .

Guatemala : Jogou muito bem, foi muito oportunista ao se aproveitar dos erros do adversários . Destaques para Carlos Ruiz a ao goleiro Paulo Motta que fez boas defesas .

Arbitragem : Esteve bem e soube controlar o jogo .


Análise da Partida

Os Estados Unidos fizeram uma péssima partida, o treinador da seleção americana armou muito mal o time e não acertou nas substituições durante o jogo . O  U.S. Team errou muito e pagou por isso levando dois gols, o time também errava muitos passes e mostrava estar nervoso . Por momentos, principalmente no segundo tempo os Estados Unidos  conseguiam ter algum controle na partida mas não conseguiam ser objetivos e continuavam a errar muitos passes .

Curiosidades 

Foi a primeira vez que a Guatemala derrotam os Estados Unidos em eliminatórias, a última vitoria da Guatemala sobre os americanos foi em 1988 em partida amistosa quando Ronald Reegan era presidente dos Estados Unidos, eu ainda não tinha nascido e o muro de Berlim ainda estava em pé .

Situação do Grupo 

Mesmo com a derrota os americanos podem ficar com uma certa tranquilidade, basta fazer o dever de casa . O próximo jogo do U.S. Team é contra a Guatemala em casa no dia 29 de março, depois os americanos enfrentam Saint Vincent and the Grenadines em setembro fora de casa e por último jogam contra Trinidade e Tobago em casa .

2 comentários:

  1. Oi, estou aqui ,para o que vier de bom , o lado ruim já não existe mais.

    ResponderExcluir