sábado, 8 de julho de 2017

Estados Unidos 1x1 Panamá (Gold Cup)



Seleção americana empata com Panamá na estreia da Gold Cup: O primeiro tempo as duas seleção ficaram no 0-0 num jogo muito travado, os jogadores sentirem dificuldades devido a alta temperatura. No segundo tempo o jogo mudou completamente e passou a ser mais aberto, numa jogada magistral de Kelyn Rowe os Estados Unidos abriram o placar com Dom Dwyer aos 50 minutos do segundo tempo. Não demorou muito para os panamenhos empatarem a partida, aos 60 minutos do segundo tempo depois de um rebote Miguel Camargo marcou o gol de empate do Panamá.

O próximo jogo da seleção yankee é contra Martinica (que faz a sua quinta participação na Gold Cup) no dia 12 de julho enquanto Panamá enfrenta a seleção da Nicarágua (que faz a sua segunda participação na Gold Cup) também no dia 12. Martinica e Nicarágua fecham a primeira rodada pelo Grupo B.

Análise do jogo

Estados Unidos não fez um bom jogo apresentando problemas para quebrar a marcação do adversário e cometendo erros na defesa. O empate pode ser considerado desapontante pelo torcedores mas Panamá sempre faz um jogo duro com a seleção americana e a alta temperatura também influenciou muito no desempenho de ambos os times na partida.


Nota:

Brad Guzan: Fez pelo menos três grandes defesas, não teve culpa no gol (8,0).

Graham Zusi: Foi inseguro na defesa e na cobertura (5,5).

Omar González: Não foi bem na marcação (6,0).

Matt Besler: Errou na saída de bola (6,0).

Jorge Flores Villafaña: Criou algumas jogadas pela esquerda mas não marcou bem (6,5).

Dax McCarty: Marcou bem no meio-campo (6,5).

Kellyn Acosta: Foi bem na marcação e participou de algumas jogadas (6,5)

Alejandro Bedoya: Fez um ótimo jogo criando jogadas e participando na marcação (8,0).

Joe Corona: Fez uma má partida sendo pouco criativo e errando passes (5,5).

Kelyn Rowe: Foi um dos jogadores mais esforçados, deu o passes do gol (8,5).

Dom Dwyer: Foi oportunista no lance do gol (7,5).

Juan Agudelo: Pouco acrescentou (6,0).

Gyasi Zardes: Claramente fora de ritmo (5,5).

Jordan Morris: Entrou no fim, pouco pode fazer (6,0).

Bruce Arena: Não escolheu a melhor formação para o jogo, errou nas substituições (5,5).

Panamá: Fez um jogo sólido principalmente na marcação no meio-campo.

Arbitragem: Fez um jogo tranquilo.


Curiosidades: 

Primeiro gol de Dom Dwyer na Gold Cup e segundo consecutivo pela seleção americana.

Primeira assistência de Kelyn Rowe na seleção americana.

Estados Unidos marcou em dezenove jogos consecutivos na Gold Cup.

Nashville, Tennessee bateu recorde de público numa partida de futebol com 47,622 torcedores.

Quinto empate entre as duas equipe.

Recorde dos Estados Unidos na fase de grupos da Gold Cup: 30 vitórias, 1 derrota e 4 empates.

Nashville tem planos de ter uma franquia na Major League Soccer.

Bruce Arena está invicto desde o seu retorno na seleção americana com um recorde de quatro vitórias e cinco empates.

Link:

https://matchcenter.mlssoccer.com/matchcenter/2017-07-08-us-mens-national-team-vs-panama/stats

Nenhum comentário:

Postar um comentário