segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Copa do Mundo Sub-17 de 1999 - Nasce uma Lenda




Introdução 

Todos sabemos que tudo tem um começo, hoje vamos ver quando o melhor jogador dos Estados Unidos de todos os tempos surgiu. Foi em 1999 na Copa do Mundo Sub-17 realizada na Nova Zelândia, 18 jogadores foram convocados para torneio que faziam parte de um ambicioso projeto da federação americana para desenvolver o futebol no país com meta de transformar os Estados Unidos num time que possa estar entres os grandes do futebol. Nomes como DaMarcus Beasley, Bobby Convey, Oguchi Onyewu, D.J. Countess, Kyle Beckerman e é claro Landon Donovan foram responsáveis pelo sucesso dos Estados Unidos na competição conquistando um impressionante quarto lugar.

Copa do Mundo Sub-17 1999




Os  Estados Unidos caíram no Grupo A e teriam como adversários os anfitriões a Nova Zelândia, Uruguai e a Polônia. No primeiro jogo a equipe americana enfrentou os donos da casa, a Nova Zelândia que abriu o placar com Dave Mulligan aos 16 minutos do primeiro tempo, no segundo tempo aos 69 minutos Abe Thompson empatou, logo depois aos 74 minutos a virada americana aconteceu quando Donovan marcou o gol da vitória, nascia uma lenda.

O segundo jogo foi contra a Polônia e novamente os americanos começaram o jogo atrás do placar, Łukasz Madej fez o gol polonês de pênalti aos 43 minutos do primeiro tempo. O gol dos Estados Unidos só saiu no final do jogo, aos 89 minutos com Donovan de pênalti, o jogo terminou empatado pelo placar de 1a1.

O último jogo do grupo foi contra os uruguaios que em teoria eram os adversários mais fortes do grupo, os Estados Unidos saíram vitoriosos derrotando os sul americanos por 1a0 gol de Oguchi Onyewu.

Os Estados Unidos se classificaram em primeiro lugar do grupo e nas quartas de final enfrentam seus maiores rivais, o México. Num jogo disputado os mexicanos saíram na frente logo aos 2 minutos com Vallejeo, os Estados Unidos aos 38 minutos empataram com Beasley e aos 43 viraram o jogo com Cila, aos 48 minutos Beckerman fez o terceiro gol deixando os americanos com dois gols de vantagem. O México chegou a descontar com Yanez, o jogo terminou 3a2 para os yankees.

Nas semi final os Estados Unidos jogaram contra a Austrália, os australianos abriram 2a0 com Byrnes aos 2 minutos e McDonald, a reação americana veio rápida quando aos 36 minutos Donovan diminuiu o para os americanos, os Estados Unidos chegaram ao empate aos 52 minutos com Onyewu. A partida foi para os pênaltis e a Austrália frustrou os planos dos americanos de chegarem a final derrotando os Estados Unidos nas penalidades por 7a6.

Na disputa para o terceiro lugar desanimados pela derrota contra os australiano os Estados Unidos enfrestaram Gana o bicho papão dos torneios juniores, os americanos foram derrotados por 2a0 gols de Pimpong aos 35 e Addo aos 84 minutos.




Os Estados Unidos terminou em quarto lugar no torneio e deixam uma boa impressão, mostrando que o futebol estava crescendo no país e que tinha tudo para estar entre os grandes. Donovan com três gols foi eleito o melhor jogador do torneio, seguido por Beasley.

Três anos depois, Donovan e Beasley disputaram a Copa do Mundo de 2002.

Donovan, Beasley, Convey, Onyewu e Beckerman se destacaram no futebol profissional dos Estados Unidos, todos disputaram pelo menos uma Copa do Mundo.


Time :

Treinador : John Ellinger.

Goleiros :

D.J. Countess  (San Juan)
Steve Cronin   (San Juan)

Defesas :

Kellen Kalso (Vardar III)
Alex Yi  (FC Potomac)
Gregory Martin (Dallas Comets)
Oguchi Onyewu  (FC Potomac)
Seth Trembly (Colorado Rapids, MLS)

Meio Campo :

DaMarcus Beasley (Los Angeles Galaxy, MLS)
Nelson Akwari (Texans)
Kenneth Cutler (Richmond Strikers)
Bryan Jackson (Claremont Stars)
Adolfo Gregorio (Turlock Tornadoes)
Raúl Palomares (1.FC Kaiserslautern, Alemanha)
Kyle Beckerman (Commack United)

Atacantes :

Landon Donovan (Bayer Leverkusen, Alemanha)
Bobby Convey (Coppa)
Abe Thompson (Braddock Warhawks)
Jordan Cila (Commack United)

Nenhum comentário:

Postar um comentário