sexta-feira, 30 de agosto de 2013

1984 Big Brother

                               


 Estados Unidos nos Jogos Olímpicos de 1984


Os Jogos Olímpicos de 1984 foi um evento seminal, não só na história do futebol americano, mas também na história do esporte americano. Os Estados Unidos estavam determinados a provar que podiam sediar um evento esportivo com classe mundial e conseguiram, os jogos Olímpicos de 1984 foi um dos melhores até hoje, mesmo com o boicote Soviético.

A NASL viu os jogos Olímpicos como uma última chance de dar vida a si mesma, e apesar de isso não acontecer, a competição de futebol, com bons jogos e excelente média de público fez a FIFA abrir os olhos para o futebol nos Estados Unidos, que lançou as bases para a Copa do Mundo de 1994. O comitê organizador de Futebol dos Estados Unidos foi dirigido por Alan Rothenberg, que viria a desempenhar um papel fundamental na formação da Major League Soccer no início dos anos 1990.


Os Jogos Olímpicos

Estados Unidos se classificaram automaticamente como país anfitrião, em preparação para os jogos olímpicos os americanos fizeram um amistoso contra a Itália, os yankees surpreenderam os italianos com um empate por 0a0, nesse jogo David Brcic defendeu dois pênaltis.







EUA vs Costa Rica : a estreia



A competição olímpica de futebol teve um estrondo com 78.265 espectadores no estádio de Stanford, em Palo Alto, CA, que na época era o maior público de todos os tempos a ver um jogo de futebol nos Estados Unidos. Os americanos ganharam por impressionantes 3a0 sobre os costa-riquenhos, Rick Davis a estrela do NY Cosmos marcou dois gols na partida e Jean Willrich marcou um gol, os Estados Unidos fizeram uma excelente estreia.

EUA vs Itália

Frente a 63. 624 no Rose Bowl  Pasadena LA , os americanos não conseguiram evitar a derrota por 1a0 para os italianos, pondo risco ao sonho dos americanos ade  conseguir uma medalha.

https://www.youtube.com/watch?v=P2iepkDbYFo


EUA vs Egito :  Ou tudo ou nada

Os americanos tinham que vencer o Egito para continuar vivos nas Olimpíadas, mas o melhor que conseguiram foi um empate por 1a1, gol foi marcado por Gregg Thompson, o jogo aconteceu no no estádio de Stanford, em Palo Alto, CA com um público de 54.973 torcedores.

Uma boa impressão

Os Estados Unidos estavam eliminados pelo critério de desempate (gols feitos) e saíram precocemente das Olimpíadas, mas isso não foi de todo mal, o público nos jogos continuo a crescer nas fases seguintes fazendo que os jogos olímpicos de 1984 tivesse recordes de média de público no futebol olímpico.

O ano de 1984 foi bom para seleção americana que causou uma boa  impressão nas Olimpíadas e também teve um bom inicio na primeira fase das eliminatórias para Copa do Mundo de 1986, a seleção americana foi composta inteiramente de  jogadores de suas ligas nacionais como North American Socer League (NASL) e Major Indoor Soccer League (MISL) mostrando verdadeiro potencial do futebol nos Estados Unidos.


Apesar do enorme sucesso no campo, a competição de futebol recebeu quase nenhum tempo no ar na cobertura de transmissão da NBC. Cerca de cinco minutos dos jogos do campeonato foram espremidos no meio dos outros eventos. No entanto, os jogos tinham enviado uma mensagem forte à FIFA que realmente havia um grande público nos Estados Unidos, dado ao país um evento de classe mundial. Assim, 1984 entrou para a história como o ano com os eventos que marcam o fim de uma era (NASL), e o início de outro, a eventual concessão da Copa do Mundo para os Estados Unidos, renascimento da seleção americana, e o estabelecimento de uma nova divisão de um campeonato de futebol no país.


Time


Goleiros 

David Brcic (27 anos) New York Cosmos (NASL, EUA)
Jamie Swanner  (23 anos) Clemson University (NCCA)

Defesas
Bruce Savage (23 anos) Baltimore Blast (MISL, EUA)
Jeff Durgan (22 anos)  New York Cosmos (NASL, EUA)
Erhardt Kapp (25 anos)  Pittsburgh Spirit (MISL, EUA)
Kevin Crow (22 anos)  San Diego Sockers (MISL, EUA)

Meio- Campistas 

Kazbek Tambi (22 anos) New York Cosmos (NASL, EUA)
Angelo DiBernardo (26 anos) New York Cosmos (NASL, EUA)
Hernan "Chico" Borja (24 anos)  New York Cosmos (NASL, EUA)
Rick Davis (25 ANOS) St. Louis Steamers (MISL, EUA)
Hugo Perez (20 anos) San Diego Sockers (MISL, EUA)
Mike Fox (22 anos) Las Vegas Americans (MISL, EUA)

Atacantes 

Gregg Thompson (23 anos) Minnesota Strikers (MISL, EUA)
Steve Moyers (27 anos) New York Cosmos (NASL, EUA)
Jean Willrich (31 anos) San Diego Sockers (NASL, EUA)
Jeff Hooker (19 anos) University of California (NCCA, EUA)
Amr Aly  (21 anos) Columbia University (NCCA, EUA)

Treinador : Alketas Panagoulias

Colocação : Nono lugar com quatro gols marcados e dois sofridos.
Artilheiros : Rick Davis 2 gols, Jean Willrich e Gregg Thompson 1 gol.
Clean Sheet : David Brcic 1.

Ranque de  Ligas : 

1.MISL e NASL 7
2.NCCA 3

Análise do time :

A seleção americana nos jogos olímpicos de 1984 era muito boa e era formada por jogadores que disputavam as principais ligas dos país na época. O treinador Alketas Panagoulias que futuramente iria levar a Grécia para Copa do Mundo de 1994 fez um excelente trabalho na convocação chamando jogadores jovens e promissores. Apesar de ter ficado na primeira fase o U.S. Team fez uma boa campanha nas olimpíadas com um recorde de 1-1-1 com quatro gols marcados e dos sofridos em três jogos.

Links :

Amistoso

https://www.youtube.com/watch?v=unULPXbcpQo

Jogos

https://www.youtube.com/watch?v=TNxwsJBa9PU

https://www.youtube.com/watch?v=rwwrJZ-xz9M

Nenhum comentário:

Postar um comentário